Alunos do IFTO conhecem sistema de tecnologia da informação do TRE-TO

Alunos do IFTO conhecem sistema de tecnologia da informação do TRE-TO




O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) recebeu, na tarde desta quinta-feira (21), uma turma de alunos do Curso Técnico em Rede de Computadores Integrado ao Ensino Médio, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins – Campus Araguatins.

Os alunos fizeram uma visita técnica em algumas das dependências do Tribunal, como o Datacenter, considerado o cérebro do sistema de tecnologia da informação do TRE-TO; a sala de sessões do Pleno e a sacada do prédio.

O técnico judiciário e supervisor da visita, Fernando Ebrahim, considerou a ação de extrema importância: “numa visita os alunos conseguem ter ideia de como é um setor de trabalho na área do curso” e complementou ao afirmar: “é uma oportunidade para o TRE-TO mostrar os serviços que são executados  e de fazer contato com o meio acadêmico, e em consequência estabelecer parcerias e convênios”, explicou.

O professor responsável pela turma, Ancelmo Castro, acredita que, com essa atividade, “os alunos poderão conhecer pessoas que trabalham na área e que são bem sucedidas pelo seu trabalho dentro da instituição”, disse. A iniciativa de procurar o Tribunal partiu do próprio IFTO e, ainda segundo o professor, foi preparada uma boa recepção à turma. “Há planos de voltar para uma nova visita técnica”, completou.

Ao todo, o TRE-TO recebeu 31 estudantes que, ao longo da visita demonstraram surpresa com os locais vistos. Os participantes ainda tiveram a oportunidade de conhecer estruturas de ponta da área de Tecnologia da Informação. “Não imaginava que o Tocantins tivesse uma tecnologia desse porte”, disse, surpreso, o estudante Luís Fernando Arruda.

Ao final da visita, Fernando Ebrahim afirmou que a experiência foi bastante proveitosa e que as perguntas feitas pelos estudantes foram muito pertinentes. “Uma visita técnica pode despertar a vontade de trabalhar na área”, disse ao se referir à parcela dos alunos que estão mais interessadas no ensino médio e não na parte técnica.

(T.V. / A.S.)

Fazer um comentario