NUDECON dá dicas para uma boa utilização do 13º Salário

NUDECON dá dicas para uma boa utilização do 13º Salário




O fim de ano está chegando e as tentações, ofertas e promoções do comércio também. Nessa época, trabalhadores, aposentados e pensionistas contam com um reforço no orçamento: o 13º salário. Esse reforço pode representar a chance de saldar dívidas, contas atrasadas, pagar despesas que surgem no início do ano seguinte, planejar uma viagem de férias, fazer uma reserva financeira ou realizar um sonho de consumo.

O Núcleo de Defesa do Consumidor – NUDECON, da Defensoria Pública do Estado do Tocantins, preparou dicas e orientações que podem ajudar a decidir qual a melhor forma de utilizar o 13º salário.

Dê prioridade ao pagamento de dívidas

• Liste todas as dívidas (cartão de crédito, cheque especial, empréstimo, financiamento etc.).

• Dê prioridade para quitar as dívidas que cobram juros mais elevados como cartão de crédito e cheque especial.

• Aproveite as campanhas de renegociação e quitação de dívidas; antecipe o pagamento de prestações como, por exemplo, as de empréstimo e financiamento; aproveite o desconto proporcional de juros.

Reserve economias para o pagamento de despesas sazonais

• Os descontos para pagamento à vista do IPTU e IPVA podem ser mais vantajosos que aplicar o dinheiro e pagar em parcelas.

• Não se esqueça das despesas com matrícula e material escolar.

• Reserve o valor correspondente à renovação do seguro do automóvel. Caso não seja possível o pagamento total à vista, reserve, ao menos, o valor para pagamento da primeira parcela.

Programe os possíveis gastos do final de ano

• Calcule o valor correspondente ao 13º salário de empregados domésticos.

• Liste todas as despesas do mês e as que envolvam as festas de final de ano: ceia, roupas novas, calçados, viagens, presentes, etc. Relacione todas as pessoas que você deseja presentear, estipulando valor máximo.

• Resista aos apelos publicitários. Avalie se o que vai comprar é necessário ou fruto de um desejo. Adiar a compra de um bem pode representar uma boa economia em seu orçamento.

• Se puder, evite financiamentos, parcelamentos, compras no cartão de crédito e cheques pré-datados.

• Adquira o hábito de poupar.

• Pesquise preços e negocie descontos para pagamento à vista.

• Se não for possível pagar suas compras à vista, cuidado com os juros.

Antes de efetuar a compra parcelada, pesquise os prazos, o valor das parcelas e a taxa de juros que será cobrada, bem como o custo efetivo total ao final (CET).

O consumidor que desejar obter mais orientações sobre como aproveitar melhor o seu dinheiro, poderá entrar em contato com o NUDECON-TO, pelo telefone (63) 3218-6975 ou acessando o site http://nudecon.defensoria.to.gov.br/.

(Caroline Spricigo)

Fazer um comentario