Linha de crédito já beneficiou mototaxistas com mais de R$ 400 mil em empréstimos

Linha de crédito já beneficiou mototaxistas com mais de R$ 400 mil em empréstimos




Desde agosto do último ano o governo do Estado disponibiliza aos mototaxistas tocantinenses linha de crédito para aquisição de novos veículos e equipamentos de segurança, além de capital de giro. Em menos de seis meses, mototaxistas em cinco municípios já foram beneficiados, totalizando 45 operações e R$ 441.984,90 liberados.

“Nosso balanço é extremamente positivo”, destacou o diretor presidente da Agência de Fomento, Rodrigo Alexandre, ao explicar que a finalidade desta linha de crédito é renovar a frota, de mais de três mil mototaxistas regularizados, e proporcionar mais segurança aos profissionais e usuários. “Tem o ganho social que é a geração de emprego, o ganho ambiental com a redução da emissão de gases do efeito estufa, e o ganho econômico porque os empresários donos das concessionárias, ao vender mais motos precisam contratar mais vendedores, mais mecânicos”, expôs.

Os profissionais podem ser beneficiados com até R$ 10 mil para a compra de moto zero quilômetro com taxas de juros 1,49% ao mês para pessoa jurídica e de 1,79% ao mês para pessoa física, além da compra de capacetes, coletes e uniformes.

Um dos beneficiados pela linha de crédito foi o mototaxista Wilmar Alves dos Santos, há oito anos na profissão. Ele e outros 14 mototaxistas filiados ao Sindicato dos Condutores de Veículos de duas Rodas e Mototaxistas de Palmas (Sindiciclo), após liberação do dinheiro, conseguiram em uma concessionária descontos nos valores do frete e emplacamento. “Foi ótimo para todos nós, pelos descontos que conseguimos em comprar a vista, o ‘juro’ ficou praticamente zero. Um benefício porque não teríamos como comprar à vista sem a Agência de Fomento. Com tempo a moto dá muita despesa, e precisa trocar com frequência. Esse financiamento foi uma benção”, relatou Wilmar. Para o presidente do Sindiciclo, Pedro Tito Neto, a oferta desta linha de crédito é “inovadora para o Tocantins e todo o País, em poucos lugares há isso para o beneficio da categoria”.

Acesso

Os interessados devem procurar os sindicatos, associações ou cooperativas para iniciar o processo de acesso ao crédito, em duas modalidades: a primeira é a linha de crédito de até R$ 10 mil reais e poderá ser usada para compra de motos novas com valor de até R$ 8 mil e o restante para capital de giro. O prazo é de 33 meses, a taxa de juro 1,49% ao mês para os microempreendedores individuais (MEI), e 1,79% ao mês para pessoa física.

A segunda é aquisição de capital de giro com garantia da moto usada, com até dois anos de uso. O prazo para pagamento é de 21 meses, taxa de juros de 1,90% ao mês para formalizados e 2,28% ao mês para os informais, pessoa física. A aprovação da concessão de crédito dependerá da análise de todas as condições de capacidade de pagamento, inclusive, as consultas aos órgãos de serviços à proteção de crédito como Serasa e SPC.

(Lidiane Moreira/Foto: Elson Caldas)

Fazer um comentario


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0