Agentes culturais do Tocantins recebem capacitação sobre Editais de Cultura

Agentes culturais do Tocantins recebem capacitação sobre Editais de Cultura




Com recursos de R$ 5,1 milhões, editais incentivam as ações e projetos na área cultural. Inscrições podem ser feitas até a próxima sexta-feira, 14

A Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) e a Fundação Cultural do Tocantins realizaram o Circuito de Oficinas de Capacitação de Elaboração de Projetos. O objetivo foi divulgar o programa Procultura nos municípios e incentivar agentes culturais do interior do Estado a participarem dos Editais de Cultura. O prazo de inscrições para os editais termina na próxima sexta-feira, 14. O recurso destinado aos projetos ultrapassa R$ 5 milhões.

As capacitações foram realizadas em todas as regiões do Estado, nos municípios de Ponte Alta do Tocantins, Novo Acordo, Guaraí, Tocantinópolis, São Félix (Povoado Prata), Mateiros, Colinas, Muricilândia, Dianópolis, Porto Nacional, Araguaína, Tocantínia, Miranorte, Formoso do Araguaia, Paraíso do Tocantins, Arraias, Brejinho de Nazaré, Alvorada e Gurupi. Técnicos da Diretoria de Arte e Cultura da Seduc tiraram dúvidas dos participantes em relação aos editais, que também foram orientados sobre o passo a passo para a elaboração dos projetos.

Os editais contemplam as áreas de Artes Cênicas, Audiovisual, Saber Indígena, Artes Visuais, Literatura, Música, Saber Popular Tradicional e do Artesanato e Programa de Infraestrutura Cultural. “Os editais esse ano não têm áreas muito especificas, eles englobam categorias mais abrangentes. Então, se o artista, técnico ou produtor cultural, trabalha, por exemplo, na área da música, ele pode fazer desde um CD, uma gravação de um DVD, um show, ou uma capacitação, uma pesquisa, enfim… Ele vai colocar o que ele quer, o sonho dele como artista, em um projeto e enviar para a comissão julgadora”, disse o secretário geral de elaboração e organização dos Editais do Fundo Cultural, Kaká Nogueira.

Uma das novidades é que, pela primeira vez, as prefeituras têm a oportunidade de enviar projetos para construção, reforma ou ampliação de museus e outros espaços públicos culturais.  “Esse recurso vai financiar equipamentos necessários para que todos os artistas beneficiados pelos demais editais possam circular pelo interior do Estado”, explicou Nogueira.

Avanços

Há, ainda, outros avanços consideráveis em relação a editais anteriores. “A premiação é dividida pelo módulo financeiro e não pelo tipo de proposta ou produto artístico. Os artistas e os produtores têm mais liberdade para desenvolverem e apresentarem suas propostas conforme suas referências e aspirações”, explica a coordenadora da Diretoria de Arte e Cultura da Seduc, Juliane Almeida Gomes.

A prestação de contas também foi desburocratizada, o que facilita e amplia o número de participantes.

Comissão de avaliação

Os editais de Incentivo à Cultura já têm designada a comissão de habilitação dos projetos. A comissão é responsável pela triagem dos projetos recebidos e a conferência do cumprimento das exigências previstas, como data de envio, condições de participação, documentos, itens expressos e exigidos nos editais.

Também está definida a comissão dos jurados que irá avaliar os projetos considerados aptos pela comissão de habilitação a concorrer os Editais de Cultura. Na lista estão profissionais de todas as regiões brasileiras.

As inscrições

As inscrições podem ser feitas com o preenchimento do formulário padrão, disponível no link http://www.cultura.to.gov.br/conteudo.php?id=236. O formulário deverá ser encaminhado com o projeto técnico. Os projetos devem ser protocolados na sede da Seduc até às 18h30 do último dia de inscrição ou postados nos Correios, também até o dia 14 de março.

(Núbia Daiana Mota e Francine Haddad/Ascom Seduc)

Fazer um comentario


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0