Governo promove expansão do Serviço de Inspeção Sanitária para garantir qualidade da carne produzida nos municípios

Governo promove expansão do Serviço de Inspeção Sanitária para garantir qualidade da carne produzida nos municípios




Garantir a qualidade e a comercialização da carne produzida nos 139 municípios do Tocantins. Estes são os principais objetivos do governo, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (Seagro), que está trabalhando para promover a expansão do Serviço de Inspeção Sanitária (SIM) em todo o Tocantins.

 

De acordo com o secretário executivo da Agricultura, Ruiter Pádua, desde o início da atual gestão o governo tem se empenhado em oferecer todo o apoio às prefeituras, com relação à documentação, para implantação do serviço. “Nossos técnicos visitaram todos os municípios tocantinenses para orientar os gestores sobre o processo de implantação do SIM”, afirma o secretário. 

Conforme dados da Seagro, atualmente existem sete municípios – Palmas, Araguaína, Gurupi, Guaraí, Porto Nacional, Colinas e Paraíso – onde o SIM está em pleno funcionamento. Ainda, segundo a pasta, outros 68 municípios já estão com toda a documentação pronta para a instalação do serviço. 

Para os gestores  que ainda necessitam de orientação quanto à documentação e procedimentos para a instalação do SIM em seus municípios,  o secretário executivo salienta a disponibilidade da Seagro para orientá-los.  “Vale destacar que aquelas prefeituras que encontrarem alguma dificuldade com relação a documentação ou afins, que estas podem e devem nos procurar, por meio da Diretoria de Fomento Agropecuário, que estamos disponíveis para oferecer todas as informações”, reforça Pádua. 

Novos matadouros 

Visando a manutenção da qualidade e procedimentos técnicos quanto a matança de animais para consumo, o governo do Estado por meio da Seagro, está pleiteando recursos junto ao Programa de Desenvolvimento Rural Integrado Sustentável (PDRIS), do Banco Interamericano, para elaboração de plantas de matadouros em dez municípios, que oferecem uma logística privilegiada, ainda este ano. 

“Estamos esperando o retorno do banco para a contratação da empresa que fará as plantas dos matadouros. Nossa expectativa é que isso ocorra ainda neste ano”, destaca o secretário executivo. A ideia é construir os matadouros nos municípios de Arraias, Bernardo Sayão, Pindorama, Paranã, São Valério, Colinas, Wanderlândia, Ananá, Sitio Novo e Formoso do Araguaia.

(Angélica Mendonça/Foto: Kleiber Arantes)

Fazer um comentario


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0