Prefeitura de Araguaína e Caixa entregam 416 casas do Construindo Sonhos

Prefeitura de Araguaína e Caixa entregam 416 casas do Construindo Sonhos




O residencial foi iniciado em 2012 e irá beneficiar cerca de 1.600 pessoas

A entrega de 416 casas do residencial Construindo Sonhos para aproximadamente 1.600 pessoas aconteceu na manhã desta quinta-feira, 03, no próprio loteamento em Araguaína. Participaram da solenidade de entrega das chaves o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, a superintendente regional da CAIXA, Maria Luzia de Couto Aguiar, o secretário de Habitação, Geraldo Silva, a gerente geral da Caixa em Araguaína, Delma Dias, e o gerente administrativo da Construtora Meridional responsável pela obra, Alex Vidal.

Durante sua fala, o prefeito Ronaldo Dimas declarou que as famílias realizaram dois sonhos: o da casa própria e o de ter saído do aluguel. Agradeceu a parceria da Caixa, através do programa Minha Casa, Minha Vida. Na solenidade Dimas, anunciou que dois contratos foram assinados recentemente. Um deles irá garantir a pavimentação e a recuperação de 200 km de ruas e avenidas em toda a cidade, e o outro é que as obras da Via Lago devem começar em breve, pois o dinheiro já foi empenhado.

O Prefeito lembrou que a seleção das famílias para morarem no novo residencial foi feita de forma transparente, com critérios estabelecidos e alertou que quem tem casa não pode ser contemplado, sob pena de perder o imóvel e responder a processo de denúncia feito no Ministério Público Federal (MPF). Segundo Ronaldo Dimas, creches foram ampliadas no Setor Barros e estão aptas a receber crianças do Construindo Sonhos e das proximidades daquele setor. Acrescentou ainda que está sendo concluída a construção da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) do Barros. “No próximo ano, vamos fazer uma readequação para ampliarmos mais escolas e creches nessa região, a fim de garantirmos que todas as crianças possam ser atendidas nas proximidades” explicou Ronaldo Dimas, acrescentando que o compromisso da gestão é entregar 5 mil casas para a população, com equipamentos públicos, como creche, escola e posto de saúde.

Na oportunidade, o prefeito anunciou que Araguaína terá em breve a primeira Escola de Tempo Integral, que ficará localizada na Vila Azul. O projeto foi aprovado e empenhado no início do mês. Segundo Dimas, há projeções para outras duas escolas de tempo integral; uma deve ficar localizada na região do Setor Barros e a terceira, na região do Araguaína Sul.  “Os alunos serão bem cuidados em nossas creches e escolas” justificou o prefeito, parabenizando, no final, as famílias contempladas.

Caixa

Para a superintendente regional da CAIXA, Maria Luzia de Couto Aguiar, a parceria da Caixa com a Prefeitura é fundamental para garantir o crescimento da cidade. De acordo com ela, Araguaína tem o muitos contratos assinados com a Caixa e foi a cidade do Tocantins que mais entregou casas pelo Programa Minha Casa Minha Vida. No total foram 2.204 unidades habitacionais entregues em Araguaína e quase dois milhões de reais em investimento, o que significa, segundo ela, a participação da Caixa em quase 1/3 do PIB de Araguaína e a redução do déficit habitacional da cidade. “A Caixa Econômica Federal é o banco do desenvolvimento urbano e com esse papel estamos contribuindo com o desenvolvimento de Araguaína. A Caixa aplicou em investimentos que representam 31% do PIB de Araguaína. Nossa parceria significa desenvolvimento para o município, para o Estado e para nosso país, através da dignidade, educação e conforto para estas famílias” informou a superintendente. Por fim, Maria Luzia parabenizou a parceria da instituição financeira com o Executivo. “Eu tenho certeza que nesta sexta, na hora do jogo do Brasil, muitas famílias irão assistir à partida em sua casa nova” disse a superintendente.

Em seguida, três moradores participaram do recebimento simbólico das chaves. Para um deles, o cadeirante Mazolene Monteiro, a chave de seu novo endereço foi um presente de aniversário. Eles representaram as quase nove mil famílias, que receberam as chaves por quadra. As demais chaves foram entregues após a cerimônia.

Felicidade

As residências contam com dois quartos, sala, cozinha com área de serviço integrada e banheiro. Com o objetivo de quitar a casa em dez anos, Regina Paé está ansiosa. Ela já fez as compras com o cartão Minha Casa Melhor e parcelou as prestações dos móveis. “Estou muito feliz. Antes eu morava de aluguel, pagava 250 reais sem nenhum retorno. Como fui contemplada, vou ter minha casa própria pagando apenas 30 reais por mês. Vou pagar pelo que é meu” disse a vendedora, que deve morar apenas com a filha Helen Cristina, de apenas três anos de idade. “Na hora que eu receber a minha chave vai ser muita emoção. Estou com o coração na mão” falou emocionada.

Construindo Sonhos

As obras do residencial iniciaram-se em março de 2012, com a construção de 416 unidades habitacionais em uma área de 120 mil metros quadrados. A partir do início da obra, o processo para a seleção dos beneficiários foi seguindo cada etapa estipulada pelo programa Minha Casa Minha Vida. A lista dos pré-selecionados foi divulgada no Diário Oficial do Município, no dia 17 de maio de 2013. No último domingo, dia 29 de junho, as 400 famílias que tiveram os cadastros selecionados e aprovados pela Caixa para o empreendimento Construindo Sonhos, assinaram os contratos das residências. A relação dos cadastros selecionados foi publicado no Diário Oficial do Município nº 623, do dia 26 de junho. No dia 18 de junho, foi realizado o sorteio dos endereços das residências do empreendimento. O valor total do investimento é de R$ 20,8 milhões.

(Créditos/Foto: Leila Mel)

Comments are closed.