Prefeitura autoriza início das obras da nova barragem do Lago Azul

Prefeitura autoriza início das obras da nova barragem do Lago Azul




Obras de reconstrução da Usina do Corujão foram iniciadas, previsão de serem finalizadas em dezembro desse ano e, logo em seguida, será o enchimento do Lago Azul

 

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, juntamente com o secretário de Infraestrutura, Simão Moura Fé, visitaram no início da tarde desta quinta-feira, dia 17 de julho, as obras de recuperação da PCH Corujão. No local, prefeito e o secretário conversaram com os engenheiros da empresa construtora e também da Alvorada Energia, responsável pela usina, além de entregarem o Alvará de Construção, autorizando o início das obras.

Assim que chegaram ao local, Dimas verificou a planta do projeto da PCH Corujão, vendo como será desenvolvido todo o trabalho e tirando as dúvidas com os engenheiros. Em seguida, foram até a barragem e verificaram a área onde retornará o Lago Azul e também as obras de barramento.

“A Via Lago, juntamente com a nova barragem, será um marco para Araguaína. Estas obras mudarão muito a cidade, dando uma opção extraordinária de lazer ao araguainense”, comentou o prefeito sobre o projeto Via Lago e também sobre a PCH Corujão.

Obras PCH Corujão

De acordo com o engenheiro Antônio Sérgio Portelinha, da Alvorada Energia, ainda na primeira quinzena de junho foi organizado o canteiro de obras na usina. Segundo Portelinha, o trabalho da Toctao Engenheira, empresa contratada para fazer a obra, será a recuperação do barramento. “Em alguns pontos será demolido e depois será refeito; em outro local será feito o reforço; e também será feito obras de drenagem profunda e a instalação de comportas no vertedouro, pois antes não tinha, para controle do nível do reservatório”, explicou.

Portelinha informou que a previsão de finalizar as obras de barramento da usina é até dezembro desse ano. “O enchimento do lago vai depender do período de chuva”, esclareceu o engenheiro.

Via Lago

Os recursos para a construção da Via Lago já estão liberados, em conta, para o início da obra. O contrato de repasse de recursos financeiros entre o Governo Federal, por intermédio do Ministério das Cidades, ao Município de Araguaína para a construção do projeto foi assinado no mês de junho. O valor do repasse é de R$ 11,8 milhões, tendo contrapartida do Município no valor de R$ 2 milhões.

O projeto vai beneficiar a população araguainense, disponibilizando uma área de lazer, esportes e mobilidade urbana da região sul da cidade. A Via Lago terá 1,56 km de extensão, começando no fim da Marginal Neblina (no cruzamento com a Avenida Filadélfia) seguindo até os setores Lago Azul, Cidade Nova e Nova Morada, com três pistas de ida e de volta, ciclovia e calçamento para pedestres. No final da avenida, será construída uma ponte estaiada, que vai interligar o centro de Araguaína para esses bairros localizados na região sul da cidade.

Dentro do projeto, também está previsto uma ilha próxima à Via Lago, onde será construído um restaurante e o acesso será por meio de barcos, com decks de embarque e desembarque.

Além da valorização do Lago Azul com o fomento ao turismo, haverá o desassoreamento do local, com a permissão dos órgãos de fiscalização ambiental, para o uso da areia acumulada nas margens de córregos que alimentam o lago, bem como o no próprio leito do rio Lontra.

(Crédito/Foto: Marcos Filho)

Comments are closed.