Prefeitura promove “Semana de Educação para a Vida” em Escolas Municipais

Prefeitura promove “Semana de Educação para a Vida” em Escolas Municipais

Bullying, psicopedagogia clínica, deficiência intelectual e cuidados com as crianças são assuntos abordados durante toda a semana

A Prefeitura de Araguaína, por meio da Secretaria de Educação, realiza até quinta-feira, 25, na rede de escolas públicas municipais o Ciclo de Palestras “Semana de Educação para a Vida”. Com o objetivo de refletir e proporcionar conhecimentos sobre temas transversais do currículo obrigatório da Educação Básica, as palestras acontecem sempre às 8h15 e às 14h30, a fim de contribuir com a formação acadêmica, profissional, social e cidadã de alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental.

A responsável pelas palestras nas unidades de ensino é a neuropsicopedagoga Waldenira Câmara da Silva, que apresenta técnicas de como trabalhar o Bullying, cuidados com as crianças, deficiência intelectual dos alunos e funções executivas do cérebro. “Nossa aproximação com essa realidade faz todo o diferencial na vida de uma criança que apresenta dificuldades, principalmente em aprender. É preciso cuidar para transformá-la em um ser mais capaz”, destacou a neuropsicopedagoga.

Atividades

Durante os ciclos de palestras, os alunos participam de atividades voltadas para ecologia e meio ambiente, educação para o trânsito, sexualidade, prevenção contra doenças transmissíveis e direito do consumidor, a partir de várias metodologias de ensino que envolvem seminários, exposições, visitas, projeções de slides e filmes.

Os temas apresentados durante a semana, oportuniza não só aos alunos, mais também a toda comunidade no que diz respeito à melhoria do atendimento e qualidade de vida de todos. “Os ciclos de palestras potencializam o conhecimento de nossas crianças, reforçando o poder da mente delas, bem como a capacidade dos educadores em educá-las”, ressaltou o secretário de Educação, professor Jocirley de Oliveira.

Lei

Criada pela Lei Federal nº 11.988/09, a “Semana de Educação para a vida” pretende estimular e favorecer a significação, contextualização do conhecimento crítico dos alunos e aproximar a comunidade acadêmica e comunidade escolar, transmitindo conhecimentos de matérias que não constam no currículo obrigatório das escolas.

Comments are closed.