Prefeitura de Araguaína inicia as obras da Via Lago

Prefeitura de Araguaína inicia as obras da Via Lago




Serão investidos ao todo R$ 16,8 milhões para construção do projeto que beneficiará a população de Araguaína e região

O prefeito Ronaldo Dimas assinou na manhã de hoje, 1º de outubro, a Ordem de Serviço para o início das obras da Via Lago, que possibilitará uma nova opção de lazer à população araguainense, às margens do Lago Azul. Com a presença de secretários municipais, vereadores, imprensa, representantes da empresa ganhadora da licitação e a população em geral, o prefeito assinou o documento no entroncamento da Marginal Neblina com a Avenida Filadélfia, local onde iniciaram as obras.

Já com as máquinas trabalhando, o prefeito falou da importância da obra para a população do município e sobre as etapas de construção do empreendimento. “Neste primeiro momento estão previstos investimentos com recursos integralmente municipais na ordem de R$ 5 milhões para os serviços de terraplanagem e aterro, que deve ser feito em camadas até acima do nível do Lago”, disse Dimas.

O governo federal também disponibilizará recursos para as duas etapa subsequentes da obra de R$ 11,8 milhões, quando serão construídas a ponte estaiada e os demais equipamentos de esporte e lazer, pavimentação, calçadas e paisagismo. Os recursos complementares do Tesouro Nacional são provenientes do esforço do deputado federal César Halum e do senador João Ribeiro. 

Lazer para todos

Segundo Dimas, a Via Lago favorecerá também o acesso de toda a população araguainense. “O Lago Azul era utilizado somente por uma pequena parcela da população, mas agora a Via Lago vai proporcionar o acesso a todo e qualquer cidadão araguainense, bem como aos nossos visitantes”, destacou o prefeito. Ele acrescentou ainda que a via será um elo para a outra margem do Lontra, onde estão sendo construídas 3.500 unidades habitacionais.

Um dos engenheiros da empresa vencedora da licitação, Sérgio Tomé Bernardes, comentou sobre a área de abrangência onde irão trabalhar. “A movimentação de terra contempla uma área de 230 mil metros cúbicos e todas as licenças e autorizações ambientais já foram emitidas pelos órgãos fiscalizadores”, informou o engenheiro.

Quem vê com bons olhos o movimento das máquinas para construção da Via Lago é Fábio Barbosa, que estava passando pelo local e parou para observar o início das intervenções. “É uma obra muito importante para todos nós, moradores, pois será uma opção a mais de lazer para eu  levar minha família aos finais de semana”, comemorou o contador.

O guarda noturno Bento Ferreira, que mora no Setor Itatiaia há 22 anos, está feliz em saber que logo logo poderá fazer suas atividades físicas nas pistas da Via Lago. “Hoje eu faço caminhada na Marginal Neblina, mas já me vejo caminhando na orla. Assim como eu estou ansioso, está toda minha família, pois acreditamos que vai ser muito boa pra todos nós”, destacou.

Comments are closed.