Projeto Sorrir e Cantar: Coral se prepara para Cantata Natalina

Projeto Sorrir e Cantar: Coral se prepara para Cantata Natalina




Compromissada com sua ação de responsabilidade social, a FACIT – Faculdade de Ciências do Tocantins implantou o Projeto Sorrir e Cantar, no qual as crianças com idade entre seis e 12 anos aprendem a cantar e participam do Coral da instituição. O resultado será uma bela Cantata Natalina a ser apresentada em dezembro.

Doze crianças estão no projeto Sorrir e Cantar. Eles estão participando dos encontros musicais nas tardes de sábado, que têm a musicista e pedagoga Luciana Matos como professora.

Formada pela Fundação das Artes São Caetano do Sul em Canto Lírico e formada em Pedagogia pela COC/SEB – Sistema Educacional Brasileiro, de Ribeirão Preto a musicista tem fomentado o amor pela música nos pequenos aprendizes. “ A música faz parte de nós e está presente em todos os lugares. O o mais importante é que a música relaxa e é uma boa ferramenta para ajudar no raciocínio e desenvolvimento intelectual”, ressalta a professora Luciana Matos.

A enfermeira e professora Yusely Sanchez Capote viu no projeto uma oportunidade. Seus três filhos estão participando do Coral. “Todos estão empolgados e isso é importante para não deixarmos perder as tradições do Natal. Ações como essa, que fomentam as atividades culturais, são fundamentais, principalmente envolvendo crianças”, destacou Yusely.

Felicidade também é o sentimento que traduz a participação de Fabrício Martins de apenas dez anos. Ele que já participou de outras apresentações não vê a hora da Cantata chegar. “Eu gosto de cantar. Meu estilo preferido é o rock. Mas aqui as músicas do ensaio eu também gosto. É também oportunidade de fazer novas amizades”, comentou.

Para a diretora geral da FACIT, professora mestre Angela Maria Silva, a promoção do Projeto Sorrir e Cantar é um momento de realização para a instituição, uma vez que está cumprindo sua missão de fomentar o desenvolvimento por meio da educação e da cultura. “Nosso compromisso com a região que estamos inseridos nos faz agir em busca de novos desafios, transformando sonhos em realidade”, destacou a professora mestre Angela Maria Silva.

Comments are closed.