Mais de mil pessoas participam do Projeto Cidadão em Araguaína

Mais de mil pessoas participam do Projeto Cidadão em Araguaína




A terceira edição do projeto promoveu várias ações sociais, além de atividades esportivas e de lazer. Evento é uma realização da Prefeitura

 

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do setor Costa Esmeralda ficou pequeno para a quantidade de moradores que procurou atendimento no Projeto Cidadão. Foram realizados mil atendimentos durante todo o dia. O evento foi realizado no último sábado, dia 22, promovido pela Secretaria do Trabalho e Ação Social, em parceria com as secretarias da Educação, Cultura, Saúde, Planejamento e Infraestrutura.

De acordo com a Secretaria do Trabalho e Ação Social, foram 139 cortes de cabelo; 150 limpezas de pele; 74 aferições de pressão; 75 testes de glicemia; 58 inscrições de atendimentos; 16 Cartões de Idoso produzidos; 203 pinturas faciais; 150 mudas distribuídas; 20 atendimentos no curso de flores; 20 atendimentos do AsSUAS Trabalho; e 55 do Bolsa Família.

Cerca de 100 profissionais estiveram envolvidos no evento, entre os quais as equipes que fazem parte dos três CRAS da cidade e suas extensões.

Entre as atividades promovidas, foi feita a entrega de mudas para os moradores do bairro. As vizinhas da Rua CE 18, Marcela Lima e Luciane da Silva, vão plantar mudas de cupuaçu. “Há tempos queríamos plantar cupu, mas não sabíamos como fazer. Daqui a uns tempos teremos a fruta em casa”, disse Marcela.

O corte de cabelo também foi uma das ações que teve destaque dentro do projeto. A satisfação da estudante de corte e cabelo do Instituto Damásio, Janaína Soares, em fazer parte do Projeto Cidadão foi grande. “Estou no terceiro mês do curso e estou feliz em poder atender a quem precisa”, disse contente. Para o pequeno Luan Antônio Lopes, de nove anos, o atendimento é igual ao do salão. “Gostei demais”, resumiu o garoto.

Dentre as atividades esportivas, a capoeira foi que chamou a atenção do estudante Dhemerson Costa, que aos 18 anos está prestes a voltar a estudar e vê no esporte um incentivo a mais. “Aproveitei para me inscrever em capoeira e pretendo, com a ajuda das aulas, melhorar minha dedicação na escola”, aposta ele, que vai cursar o 7º ano do Ensino Fundamental.

Ações

Entre as atividades desenvolvidas foram realizados atendimentos médicos, aferição de Pressão Arterial, teste de glicemia, atualização do CadÚnico, corte de cabelo, oficinas de pintura em tela, flores, cestaria, ações de embelezamento (corte de cabelo e limpeza de pele), emissão do cartão do idoso, entrega de mudas de plantas, apresentações artísticas, pintura facial, palestras educativas, momentos religiosos e inscrições dos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

(Foto: Leila Mel/Ascom Araguaína)

Comments are closed.