Primeira etapa da Via Lago está 80% concluída

Primeira etapa da Via Lago está 80% concluída




Terraplanagem da obra termina em dezembro.  Empresa responsável já utilizou cerca de 330 mil toneladas de material

A construção da Via Lago segue em ritmo acelerado. A terraplanagem já está 80% concluída. De acordo com o engenheiro responsável por essa parte do projeto, Sérgio Tomé Bernardes, foram usadas cerca de 330 mil toneladas de material para o aterramento.  A previsão para finalizar a primeira de três etapas é até o fim de dezembro e estão sendo investidos R$ 5 milhões, com recursos do Município.

Bernardes explica que os serviços de terraplanagem estão sendo feitos em camadas, até ficar acima do nível do Lago. Desde o início das obras, em outubro, apenas nos dias que chove é que os serviços paralisam, pois é preciso secar o terreno para continuar o processo de compactação.

São 55 caminhões trabalhando no transporte do material e 75 pessoas empregadas diretamente nessa fase da obra. 

Via Lago

A Via Lago beneficiará a população araguainense, disponibilizando uma área de lazer, esportes e mobilidade urbana na região sul da cidade. A obra terá 1,56 km de extensão, começando no fim da Marginal Neblina (no cruzamento com a Avenida Filadélfia) seguindo até os setores Lago Azul, Cidade Nova e Nova Morada, com duas pistas duplas, ciclovia e calçamento para pedestres. No final da avenida, será construída uma ponte estaiada, que vai interligar o centro de Araguaína ao aeroporto e à BR-153.

Dentro do projeto, também está previsto uma ilha próxima à Via Lago, onde será construído um restaurante e o acesso será por meio de barcos, com decks de embarque e desembarque.

O Governo Federal disponibilizará recursos para as duas etapas subsequentes da obra, onde serão investidos R$ 11,8 milhões. Os recursos complementares do Tesouro Nacional são provenientes de emendas do deputado federal César Halum e do senador João Ribeiro (in memoriam).

Ao final, a obra terá investimentos de cerca de R$ 16 milhões.

(Foto: Leila Mel/Ascom Araguaína)

Fazer um comentario