Acontece nova etapa do Programa de Limpeza do Lago Azul

Acontece nova etapa do Programa de Limpeza do Lago Azul




As ações consistem na limpeza do lixo flutuante, destocamento e roçagem nas margens do Lago, que constam no Plano de Revitalização   

Uma frente formada por 14 trabalhadores está desde o início desta semana realizando uma nova etapa do Programa de Limpeza do Lago Azul. Uma área de aproximadamente 600 mil metros quadrados recebe roçagem, destocamento (retirada das raízes e tocos) e limpeza do lixo flutuante dos afluentes do Rio Lontra. As ações fazem parte do Plano de Revitalização do Lago, que tem o objetivo de garantir uma área de lazer e balneabilidade após o enchimento do Lago, previsto para os próximos meses, dependendo do volume de chuvas.

A primeira etapa da limpeza foi realizada há um mês com o auxílio de tratores com roçadeira que percorreram a parte seca do Lago, promovendo a retirada do material vegetal. Essa ação é importante para manter o oxigênio da água e, consequentemente, as comunidades de vida aquática após o enchimento do Lago. Durante os trabalhos de roçagem, a equipe fez o resgate de sete animais silvestres: uma cobra, quatro preás e duas araras, entregues ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS).

As atividades estão sendo executadas pela Prefeitura de Araguaína, por meio da Secretaria do Planejamento, Meio Ambiente, Ciências e Tecnologia, em parceria com a ONG Guardiões da Natureza, Aciara, Saneatins e as empresas Alvorada Energia S.A. e Toctao Engenharia.

Revitalização

O Plano de Revitalização do Lago Azul pretende tornar o ambiente cada vez mais agradável para os moradores e visitantes, através da preservação do meio ambiente, a valorização do paisagismo e a qualidade da água. A educação ambiental também é feita constantemente junto aos ribeirinhos e alunos das escolas estaduais e municipais.

“A Saneatins é nossa parceira para fazer as análises da água, que ajudarão a traçar estratégias para garantir a melhoria nos índices de qualidade da água. Nossa intenção é evitar o lançamento de esgoto ‘in natura’ dentro dos mananciais hídricos de Araguaína”, explicou o secretário Bruno Rangel, informando que a área do lago compreende quase 12 km de extensão.

No local, a Prefeitura ainda está realizando outra ação: a construção da Via Lago. A obra irá beneficiar toda a população e conta com recursos da Prefeitura e do Ministério das Cidades.

(Foto: Leila Mel/Ascom Araguaína)

Fazer um comentario