Prefeitura garante 6.610 novas moradias em Araguaína

Prefeitura garante 6.610 novas moradias em Araguaína




As novas casas fazem de Araguaína a cidade tocantinense com o maior número de unidades contratadas

Em dois anos, a Prefeitura de Araguaína fez investimentos importantes e conquistou avanços significativos na Habitação. Através Programa Casa para Quem Precisa, já foram entregues 2.204 e estão em construção mais 4.406, totalizando 6.610 novas casas, em parceria com o Governo Federal. O objetivo da atual gestão é proporcionar moradia digna e de qualidade para o araguainense.

Maria de Lourdes Vieira, de 61 anos, fez duas inscrições até ser contemplada no Setor Costa Esmeralda. Ela morava de favor há mais de 30 anos em uma casa no centro da cidade. “No dia que eu vi a chave nas minhas mãos eu ‘desabei’ e uma emoção muito grande tomou conta de mim”, lembra. Maria de Lourdes não paga pela casa, apenas as parcelas do cartão do Programa Minha Casa Melhor, que concedeu um crédito de 5 mil reais para as famílias.

“Minha vida melhorou 100%, compramos TV de LCD, geladeira, fogão e geladeira. Tudo novo”,  enumerou o marido da aposentada, o servente de pedreiro Crizante Celestino da Silva.  Eles já estão murando a residência e mantém uma mini horta no quintal de casa. “Eu planto cebolinha, pimentão, morango, couve-flor, pimenta de cheiro, cheiro verde e vendo aqui mesmo na comunidade”, acrescentou.

Em construção

Na margem esquerda do Rio Lontra, as obras de moradia estão em ritmo acelerado nas quatro etapas do Residencial Lago Azul, que vão garantir 2.530 casas para famílias com renda de até R$ 1.600,00.

Outras 876 residências serão construídas no Parque do Lago, em área próxima ao Lago Azul, cujos terrenos foram cedidos pelo Governo do Estado. Estas são destinadas aos servidores públicos com renda familiar de até R$ 5 mil e têm previsão de início no primeiro semestre de 2015.

Outro conjunto habitacional também será construído na área norte da cidade, próximo ao Setor Barros e o Empreendimento Costa Esmeralda. Em parceria com o Governo Federal serão construídas outras 1.000 casas na modalidade associativismo. Entre os beneficiários do novo programa estão mototaxistas, taxistas e categorias organizadas em cooperativas.

“Não há nenhuma ação que dê mais felicidade para um agente público que entregar casas para quem precisa. Então, não vamos fazer isso de qualquer jeito. Na minha gestão temos o respeito e compromisso com quem precisa e todas as unidades construídas serão entregues prontas para se morar e para que as pessoas possam, de fato, ter um lugar digno para se viver”, enfatizou o prefeito Ronaldo Dimas.

Ele acrescentou ainda que as novas habitações, além da moradia, contribuem para a geração de emprego e renda, garantindo um futuro melhor para as famílias que ocuparão esses espaços.

Inscrições

A seleção das famílias será com base no cadastro de programas habitacionais. As inscrições para o cadastro serão reabertas no dia 5 de janeiro de 2015 e irão até o dia 30, na Secretaria de Habitação, no Bairro São João.

Fazer um comentario