Sindicato Rural de Araguaína apoia conscientização de proteção ao Meio Ambiente 

Sindicato Rural de Araguaína apoia conscientização de proteção ao Meio Ambiente 




Domingo dia 11, comemorou-se o dia de combate a poluição de agrotóxicos.

O Sindicato Rural de Araguaína (SRA) comemora com o estado do Tocantins, estudo realizado em 2014, pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), que destaca uma evolução de 99,9% na destinação final correta de embalagens vazias e defensivos agrícolas. Pecuaristas e agricultores associados procuram os postos de coletas e contribuem para este crescimento.

De acordo com o Inpev, o Tocantins fica atrás apenas dos estados do Piauí e Santa Catarina. Entre os meses de janeiro e agosto de 2014, o Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas), representado pelo Inpev, encaminhou para o destino ambientalmente correto, 266 toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas.  O número alcançado representa um crescimento de 44% em relação a 2013.

Postos de coleta:

Com dados da Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec), a devolução das embalagens vazias de agrotóxicos é compartilhada com todo o elo da cadeia de produção: indústria, distribuidores, poder público e agricultores. O produtor ou agricultor tem um ano após a compra, para devolver às embalagens vazias nas unidades de recebimento, sujeitos a multa caso não realize a devolução.

Existem postos de coletas fixos nas cidades e projetos de coletas itinerantes de parcerias entre Adapec e Inpev. No Tocantins, são sete locais de destinação de embalagens vazias, duas centrais nos municípios de Pedro Afonso e Silvanópolis e cinco postos nos municípios de Colinas, Lagoa da Confusão, Araguaína, Tocantinópolis e Gurupi.

(Gláucia Mendes/Foto: Adapec)

Fazer um comentario


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0