Abertas inscrições para cursos profissionalizantes em Araguaína

Abertas inscrições para cursos profissionalizantes em Araguaína




Mais de 300 vagas estão sendo oferecidas, distribuídas em 14 cursos. Em 2014, foram quase duas mil pessoas qualificadas

A Prefeitura de Araguaína, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), abriu inscrições para 14 cursos profissionalizantes. Ao todo, são 335 vagas ofertadas. A política de inclusão produtiva do Município conseguiu qualificar 1.888 pessoas no ano passado.

Para os cursos oferecidos via Senac, as inscrições iniciaram na segunda-feira, dia 12; os do Centro de Geração de Renda, ligado à Prefeitura, já estão abertos e os cursos iniciam nesta quarta-feira, dia 14.

Os cursos promovidos pelo Senac, em parceria com a Prefeitura, são: Agente Comunitário de Saúde, Balconista de Farmácia, Manicure e Pedicure, Auxiliar Administrativo, Operador de Caixa, Auxiliar de Recursos Humanos, Recepcionista, Operador de Computador, Maquiador e Depilador. Cada um desses cursos foi disponibilizado 25 vagas.

O Senai, juntamente com o Município, está oferecendo os cursos de Operador de Computador e Assistente Administrativo; cada um abriu 20 vagas.

A Prefeitura está promovendo dois cursos: Pintura em Tecido, com 30 vagas (dividido em duas turmas), e Bordado à Mão, com 15 vagas.

Documentação

Os interessados devem apresentar os seguintes documentos para fazer as inscrições nos cursos: documentos pessoais (RG, CPF), comprovante de endereço e de renda (para quem estiver trabalhando) e o número do NIS – Número de Identificação Social.

As inscrições devem ser efetuadas no Senac, Senai, CRAS, no Centro de Geração de Renda ou na Secretaria do Trabalho e Ação Social, localizada na Rua Humberto de Campos, nº 508, Bairro São João. Mais informações pelo telefone 3412-3569. 

Mercado de trabalho

Em 2014, 1.888 pessoas fizeram os cursos promovidos pela Prefeitura e em parceria com outras instituições, como Senac, Senai e Senar, dentro do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Ao todo, foram 85 turmas formadas em vários cursos. Todas se qualificaram e tiveram a chance de entrar no mercado de trabalho tendo mais capacidade técnica e aumentar a renda familiar.

José da Cruz Carneiro é músico em Araguaína, mas fez o curso de panificação ano passado, realizado no Centro de Convivência do Idoso. Ele pretende fazer mais outros dois cursos, de eletricista residencial e predial. “Tem que correr atrás e procurar uma profissão que ofereça mais emprego”, comentou.

(Joselita Matos/Foto: Leila Mel)

Fazer um comentario


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0