Araguaína destaca avanços na Educação

Araguaína destaca avanços na Educação

Nos dois últimos anos, vários investimentos foram realizados pela atual gestão, entre eles a construção de duas creches e ampliação de número de vagas para cinco mil

A atual gestão sempre trabalhou para a melhoria na qualidade de Ensino na Rede Municipal. Desde que assumiu em 1º de janeiro de 2013, o prefeito Ronaldo Dimas priorizou investimentos na área educacional e hoje vários avanços podem ser vistos. Nos últimos dois anos, foram construídas novas creches e escolas, criadas cinco mil novas vagas e o investimento de 40% do orçamento municipal com Educação, 15% a mais que os 25% obrigatórios.

Salários justos
Outro avanço na área educacional é em relação à carreira dos profissionais que trabalham no magistério. O Município se destaca a nível nacional, com salário médio de R$ 4,5 mil. Menos de 2% das prefeituras no Brasil conseguem atingir essa média salarial. E mais uma conquista concedida nesta gestão para os profissionais da educação, o pagamento da data-base para março.

Educação inclusiva
Araguaína também é referência nacional em relação à educação inclusiva. Estão em funcionamento 27 salas de recursos multifuncionais,ônibus e escolas adaptadas, além de equipe multidisciplinar nas creches e escolas municipais. Em menos de dois anos, o quadro de profissionais para alunos com deficiência saltou de 30 no início de 2012 para 140 em 2014.

Mais 140 vagas foram abertas para estágio remunerado nas escolas. Esses profissionais irão dar assistência aos professores nas creches a partir de março.

Sem déficit
E uma das melhores notícias para Araguaína é que não tem déficit educacional. “Enquanto que no Brasil quase que 90% das prefeituras estão precisando desenvolver um esforço muito grande para colocar todas as crianças de quase cinco anos na escola, Araguaína não tem déficit”, informou o prefeito Ronaldo Dimas. Ao todo, foram criadas cinco mil novas vagas na Rede Municipal: duas mil na Educação Infantil e três mil no Ensino Fundamental, do 1º ao 5º ano.

A média da nota alcançada pelo município no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) é de 5,4. A maioria das escolas já alcançou a meta estipulada para 2019, que é de 6.

Escolas de tempo integral
E para melhorar ainda mais a qualidade de ensino ofertada aos alunos da Rede Municipal, a atual gestão implantou a educação de tempo integral na Escola Municipal William Castelo Branco.

Está em construção uma escola de tempo integral no Residencial Lago Azul (foto) que deverá ser entregue ainda este semestre. Os alunos do setor Vila Azul também contarão com uma escola dessa modalidade, cuja construção já foi autorizada.

Novas escolas e creches
Em relação à estrutura física, a Educação no Município também teve vários investimentos. Foram entregues duas creches nos setores Araguaína Sul e Costa Esmeralda.

Para este ano, serão entregues quatro novas creches nos setores Monte Sinai, Vila Azul, Novo Horizonte e Lago Azul. Duas escolas estão com obras iniciadas nos setores Monte Sinai e Araguaína Sul II. Três escolas foram licitadas e serão construídas na zona rural: Assentamentos Manoel Alves, Paraíso e Povoado Pilões.

Monitoramento
Além disso, foi instalado em todas as escolas e creches o sistema integrado de monitoramento com câmeras. A atual gestão também vai ampliar várias escolas e fazer a cobertura de quadras esportivas.

Climatização
O prefeito anunciou, ainda em janeiro, a climatização de todas as salas até o final do ano.

(Joselita Matos)

Fazer um comentario