9,8 mil eleitores podem perder o título no Tocantins

9,8 mil eleitores podem perder o título no Tocantins




Quem faltou e não justificou a ausência poderá ter o título cancelado. Só no Tocantins, cerca de 9,8 mil pessoas precisam regularizar situação

No Tocantins, cerca de 9,8 mil eleitores faltaram às últimas três eleições sem dar justificativa e precisam regularizar a situação com a Justiça Eleitoral a partir desta semana. Eles devem comparecer ao cartório da Zona Eleitoral (ZE) onde é inscrito, levando os documentos pessoais e o título de eleitor. Conforme a legislação eleitoral, quem faltou e não justificou a ausência nos últimos três pleitos deve resolver a pendência até 4 de maio ou terá o título cancelado.

As informações são do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO). Segundo o órgão, nos dois maiores colégios eleitorais do estado, Palmas (29ª ZE) e Araguaína (1ª ZE), todos os eleitores estão em situação regular conforme dados da Seção de Cadastro e Sistemas Eleitorais (Secase).

Em Gurupi (2ª ZE), o terceiro maior colégio eleitoral, foram registrados 654 eleitores faltosos e no quarto maior, de Porto Nacional (3ª ZE), 686 não votaram. Quem ainda está em dúvida quanto a situação eleitoram pode consultar o site do TRE-TO  ou ir ao Cartório onde está inscrito.

De acordo com o TRE-TO, os eleitores que procurarem a Justiça Eleitoral vão receber orientações para solicitarem a formalização de um Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE), para revisão ou transferência, conforme o caso, e para isso é preciso levar a documentação necessária.

(Do G1, TO)

Fazer um comentario