Polícia Militar frustra sequestro em Araguaína

Polícia Militar frustra sequestro em Araguaína




Na manhã desta terça-feira, 3, a Polícia Militar (PM) foi acionada, através do telefone 190, até a Rua Ademar Vicente Ferreira, na cidade de Araguaína, onde recebeu informações sobre um possível sequestro a família de um funcionário da Agência do Banco do Brasil. Uma equipe do Serviço de Inteligência se dirigiu ao local para verificar a veracidade das informações e também várias equipes de policiais militares. Enquanto a equipe de inteligência fazia contato com funcionários da Agência os policiais que estavam nas viaturas foram abordados por duas pessoas que se identificaram como sendo vítimas da ação.

As vítimas informaram que na noite anterior, o irmão, que é o funcionário do Banco do Brasil, foi surpreendido por dois indivíduos armados que o obrigaram a se deslocar à sua residência, a adentrar no veículo, sendo conduzido até um local nas proximidades do povoado Crato, na BR 153. Um deles ficou vigiando as quatro vítimas e os demais se deslocaram com o funcionário para a cidade. Os sequestradores determinaram ao funcionário que fosse até a agência normalmente e subtraísse certa quantia em dinheiro para pagar o resgate.

Quando os criminosos fizeram contato com o funcionário do banco via celular ele informou que a Policia Militar já tinha conhecimento dos fatos através de terceiros. Foi então quando as duas vítimas chegaram até os policiais militares e disseram ter sido liberadas pelos sequestradores, e que dois parentes já estavam na Delegacia de Policia Civil prestando esclarecimento.

O funcionário do Banco e as duas vítimas que procuraram a PM também foram conduzidas pela Policia Militar até a sede da Delegacia Especializada em Investigação Criminal (DEIC), onde foram entregues para autoridade policial, a fim de prestarem esclarecimentos. As vítimas informaram ainda não terem sofrido agressões físicas enquanto estiveram em poder dos sequestradores.

(PM-TO)

Fazer um comentario