Alunos da Educação Infantil em Araguaína recebem complemento na merenda

Alunos da Educação Infantil em Araguaína recebem complemento na merenda




O reforço com micronutrientes pretende diminuir os casos de anemia e deficiências de ferro em crianças de 6 meses a 4 anos de idade

 

A Prefeitura de Araguaína implantou na semana passada o Programa NutriSUS em 16 creches da Rede Municipal de Ensino. O programa visa o reforço na merenda escolar através de sachês em pó que podem diminuir em 38% os casos de anemia e em 20% a deficiência de ferro nas crianças 6 meses a 4 anos. A implantação do programa é uma parceria da Prefeitura com os ministérios da Educação e Saúde.

O NutriSUS conta com um suplemento em pó, fornecido pelo Ministério da Saúde, que com apenas um grama é capaz de reforçar 15 nutrientes essenciais para o desenvolvimento das crianças, como ferro, as vitaminas B, C e B12. Não altera o sabor da comida e as crianças não estranham.

O sachê em pó está sendo servido a mais de duas mil crianças em Araguaína. O nutriente é adicionado em uma das refeições oferecidas diariamente por um período de 60 dias, com intervalo de 120, e depois servido por mais 60 para que se conclua a fortificação. Para que a criança seja servida com o sachê, foi preciso que os pais dos alunos assinassem um termo de autorização junto à escola onde seu filho estuda.

De acordo com a nutricionista da Secretaria Municipal da Educação, Cristiane Oliveira, a implantação do sachê na alimentação escolar ajuda no desenvolvimento infantil, na prevenção e no controle das deficiências de vitaminas e minerais. A deficiência de ferro, Vitamina A e de outros minerais podem acarretar em anemias, deficiência cognitiva, e de desempenho físico.

 “Essa carência está associada a prejuízos no desenvolvimento neurológico e psicomotor das crianças comprometendo a capacidade de aprendizagem, diminuindo a imunidade, que resulta em maior incidência a infecções”, destacou ela.

NutriSUS

O programa já funciona em 470 creches, em 151 municípios em todo o País, beneficiando mais de 29 mil crianças.  No Tocantins, 43 cidades utilizam o sachê em pó como complemento da merenda escolar. A adesão do Município de Araguaína ao NutriSUS foi em função de alguns estudos destacarem que, entre as deficiências nutricionais, a anemia ferropriva (deficiência de ferro no organismo) é a mais evidente nas crianças araguainenses.

Informação adicional à imprensa:

Para cobertura do uso do complemento na merenda, estará à disposição dos veículos de comunicação a nutricionista Cristiane Oliveira. Ela atenderá a imprensa no Centro Municipal de Educacional Infantil Boanice Botelho Kalil, localizado à Rua José Soares, s/n, no Setor Oeste, nesta segunda-feira, 9, às 16h, horário em que estarão sendo introduzidos os sachês na alimentação das crianças.

(Joselita Matos e Abdon Barbosa)

Fazer um comentario