Após reunião com Prefeitura, 45 ambulantes formalizam seus negócios

Após reunião com Prefeitura, 45 ambulantes formalizam seus negócios




A partir desta sexta-feira, os integrantes da Associação dos Vendedores Ambulantes de Araguaína vão se registrar no Microempreendedor Individual

Uma oportunidade de formalizar o seu negócio e garantir a melhoria de sua renda, bem como uma estabilidade financeira para a família. É isso que a Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, com a parceria do Sebrae, está garantindo para os 45 integrantes da Associação dos Vendedores Ambulantes de Araguaína.

A Prefeitura, juntamente com o Sebrae, promoveram uma reunião, no último dia 19, para esclarecer e informar a esses vendedores sobre o MEI – Microeempreendedor Individual. Durante a reunião, foi exposto a eles sobre as vantagens de se formalizarem e, após o encontro, os vendedores já estavam habilitados a se tornarem empreendedores individuais.

O secretário do Desenvolvimento Econômico, Joaquim Quinta Neto, destaca sobre as ações para a regularização dos empreendedores individuais em Araguaína. “O prefeito Ronaldo Dimas determinou que buscássemos soluções para todo esse rol de empreendedores que por um motivo ou por outro não estavam devidamente legalizados”, explicou, acrescentando que os empreendedores foram chamados para a secretaria, onde começou a capacitação.

De acordo com Joaquim Quinta, Araguaína já conta com mais de cinco mil empreendedores individuais. “É um campo muito fértil de negócios, porque são pessoas que de repente por uma situação econômica não tem oportunidade de montar o seu estabelecimento, com toda aquela infraestrutura que é peculiar ao comércio, mas que na sua banca vai conseguir aumentar sua renda e prover uma estrutura melhor para a sua família, e, consequentemente, vão gerar emprego”, completou o secretário.

Oportunidade
Para o vendedor José da Silva que há sete anos trabalha com importados, esta ação da Prefeitura foi a oportunidade que esperava para se formalizar. “Nunca tive oportunidade, agora estou tendo. Agora vou ficar mais organizado, vou ficar mais tranquilo e melhor”, contou alegre o seu José.

Outro vendedor que também buscava se legalizar e nunca tinha tido esta oportunidade foi Francisco Sebastião Pereira. “Há 15 anos trabalhando como camelô, nunca abri uma firma. Agora vou por tudo em ordem. Vai ficar bom pra mim daqui mais pra frente me aposentar”, afirmou o vendedor.

Parceria

O secretário do Desenvolvimento Econômico parabenizou a parceria entre a Prefeitura e o Sebrae. “O Sebrae tem sido incrível conosco, o superintendente Omar Hennemamm reafirmou essa parceria muito frutífera e novos frutos virão”, finalizou Joaquim Quinta Neto.

(Joselita Matos)

Fazer um comentario