Missionária batista comemora 50 anos de trabalho no Tocantins

Missionária batista comemora 50 anos de trabalho no Tocantins

A Primeira Igreja Batista em Araguaína realizará neste sábado, 18, a partir das 19h30, em seu templo, o Culto em Ação de Graças pelos 50 anos de ministério da missionária Raimunda Lima Gomes de Barros.

Raimunda Lima, como é mais conhecida, nasceu em Pedro Afonso, norte de Goiás, hoje Tocantins, em 11 de dezembro de 1937. Na igreja batista daquela cidade converteu-se a Jesus Cristo ainda criança e, pouco tempo depois, o ardor missionário, em forma de chamado, já pulsava em seu coração. Desde sua adolescência foi ativa participante de ações evangelísticas de sua igreja e da Convenção Batista do Tocantins (que já se chamava assim antes mesmo da criação do Estado, em 1988).

FORMAÇÃO – A missionária é formada em Educação Religiosa pelo Seminário de Educadoras Cristãs (SEC), em Recife (PE); em Letras (com Licenciatura Plena em Português, Inglês e respectivas literaturas) pela Unitins em Araguaína; e, recentemente, concluiu estudos em nível de pós-graduação em Ciências da Religião. O trabalho monográfico foi transformado em livro – “O Cerne da Religião” – que também será apresentado e lançado durante o Culto em Ação de Graças neste sábado.

TRABALHO – A missionária atuou principalmente na área de plantação, revitalização e crescimento de igrejas nos estados da Bahia, Goiás e Tocantins. Trabalhou na plantação de igrejas em Figueirópolis (TO), São Miguel do Araguaia (GO) e Araguaína (igrejas Ebenézer, Monte Moriá e Monte Horebe), e ainda nas cidades de Gurupi – implantação da Escola Batista -, Nova Lídice (BA), Posto da Mata (BA), Teixeira de Freitas (BA), Santo Antônio (BA), Porto Nacional (TO) e Ananás (TO). Atuou ainda como secretária executiva da União Feminina Batista do Tocantins (UFMBT) por dez anos.

DOCÊNCIA TEOLÓGICA – Em Araguaína, onde reside desde 1987, também leciona no Seminário Teológico Batista do Tocantins, as disciplinas de Português, Evangelismo, Metodologia Missionária e Plantação e Crescimento de Igrejas.

(Samuel Lima)



Fazer um comentario