Ex-empregado vira patrão e faz ‘eco-oficina’ em Araguaína

Ex-empregado vira patrão e faz ‘eco-oficina’ em Araguaína

Boa parte dos empregados sonha em um dia virar patrão e tornar-se o dono da empresa em que trabalha. O mecânico Moacir Afonso Carneiro não apenas fez isso na Araguaína Diesel, como também ampliou e modernizou o negócio, incluindo uma série de medidas ambientais, como captação de água da chuva e coleta e descarte corretos de resíduos.

De origem pobre, Carneiro cresceu no interior do Pará e, aos 15 anos, mudou-se para Araguaína, segundo município mais populoso de Tocantins. Lá, trabalhou por 23 anos como empregado numa oficina especializada no conserto de bicos e bombas injetoras a diesel. “Nesse período, comprei algumas terras, cultivei, e elas valorizaram bastante. Quando meu patrão revelou o desejo de se aposentar, resolvi investir e adquirir a empresa”, recorda.

Achou que não iria ter problema. Da prática, afinal, ele entendia. Mas logo notou que lhe faltavam conhecimentos de gestão. Procurou o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). “Fiz alguns cursos para pegar noções de administração, isso me ajudou bastante.”

Quando considerou que já havia pegado o jeito, em 2010, lançou algumas mudanças. A primeira foi montar um galpão para que os mecânicos ficassem protegidos nos dias de chuva. Isso não só melhorou as condições de trabalho como criou um telhado maior. “Acabei aproveitando para construir um sistema de captação de água. Hoje, temos capacidade para armazenar 10 mil litros.”

Esse volume é usado na limpeza dos veículos dos clientes e do chão da empresa, e também abastece o banheiro. Graças à estratégia, as contas de água ficaram 90% menores. Em outra reforma, construiu um sistema de drenagem de óleo lubrificante, que é escoado para um reservatório.

“Nós vendemos esses resíduos para uma empresa, que nos dá um certificado de recolhimento adequado. Essas medidas ajudam na nossa imagem, pois os consumidores nos veem como uma empresa organizada e limpa.”

(Terra)



Fazer um comentario