Unimed Palmas realiza ação de combate a hipertensão arterial

Unimed Palmas realiza ação de combate a hipertensão arterial

A primeira causa de morte no mundo são as doenças cardiovasculares, e a hipertensão é o principal fator de risco destas doenças. É com o objetivo de conscientizar a população sobre a prevenção e controle da doença na tarde da próxima sexta, 24, a Unimed Palmas realizará ação na Praça do Girassóis, às 17h,  lembrando o Dia Nacional de Prevenção e Combate a  Hipertensão Arterial.

A programação contará com alongamento, caminhada, mesa de frutas, orientações nutricionais, aferição de pressão arterial e degustação com receitas de baixo teor de sódio. Profissionais da área de enfermagem, psicologia, educação física, nutrição, fisioterapia e fonoaudiologia estarão à disposição para tirar dúvidas e acompanhar as ações.

A Unimed Palmas procura realizar ações de conscientização e alerta sobre os fatores de risco das doenças. “Sempre buscamos conscientizar e levar nosso serviço de informação além das nossas instalações. O tratamento da pressão alta exigente disciplina e dedicação e é nosso dever alertar a todos”, disse o presidente da Unimed Palmas, Ricardo do Val. 

ESTATÍSTICAS

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, existe no mundo quase um bilhão de pessoas com hipertensão detectada. O diagnóstico ocorre quando a pressão arterial se mantém acima de 140 x 90 mmhg em pessoas com mais de 18 anos.

Um em cada quatro adultos no mundo sofre de pressão alta, o que aumenta seus riscos de doenças cardiovasculares. No Brasil, o Ministério da Saúde estima que hipertensão afete 35% da população com mais de 40 anos. Isso significa 17 milhões de pessoas com a doença.

Entre os brasileiros com mais de 60 anos, o percentual é ainda maior. Cerca de 60% dos idosos têm a pressão acima dos limites considerados saudáveis.

A Sociedade Brasileira de Hipertensão estima que a doença cause a morte de cerca de 40% dos pacientes. A entidade adverte que o inimigo nasce na mesa. Má alimentação e em excesso estão entre os responsáveis pelo problema.



Fazer um comentario