‘Terceirização só tem um ganhador: o patrão’, diz Lula

‘Terceirização só tem um ganhador: o patrão’, diz Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a atacar nesta terça-feira o projeto de lei (PL) 4330, que permite a terceirização de todas as atividades de uma empresa, já aprovado pela Câmara dos Deputados e encaminhado ao Senado. De acordo com Lula, o projeto é um “retrocesso”.

“Esse projeto que tenta estabelecer a lei 4330 é um retrocesso a antes do governo Getulio Vargas. Estamos voltando a 1930, tentando estabelecer uma relação de trabalho onde só tem um ganhador, que é o patrão”, disse Lula durante discurso na abertura de um evento que marca os 35 anos das grandes greves no ABC paulista, no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo.

“Com essa lei da terceirização eles querem voltar ao passado, um passado em que a classe trabalhadora era tratada da forma mais perversa possível. E nós temos que dizer não. Porque ninguém lutou o tanto que a nossa geração lutou para conquistar respeito e direitos. Agora, não podemos retroceder por alguns interesses econômicos e deixar os trabalhadores mendigando direitos”, continuou.

Durante quase uma hora, Lula contou histórias das grandes greves de 1979 e 1980 e disse que o Sindicato do ABC é “responsável por quase tudo que aconteceu de mudança na relação de trabalho” no Brasil. “É por mérito da categoria. A categoria nunca negou fogo, nunca mediu sacrifício para fazer as lutas que fossem necessárias”.

“Se a gente quiser mudar as conquistas tem que ser para algo melhor. A  terceirização é pior”, encerrou o ex-presidente.

 

 

 

(Terra/Foto: Ricardo Stuckert)



Fazer um comentario