Prefeitura assumirá transporte público coletivo em Araguaína

Prefeitura assumirá transporte público coletivo em Araguaína

Medida foi tomada em respeito à população após precariedade do transporte oferecido pela atual empresa. Ônibus funcionarão com tarifa a R$ 1

A Prefeitura de Araguaína, por meio da Agência Municipal de Transportes e Trânsito (AMTT), assumirá provisoriamente o transporte público coletivo da cidade a partir desta segunda-feira, 11. Cerca de 30 ônibus circularão com tarifa a R$ 1 até que o processo de licitação e contratação de nova empresa seja finalizado. A medida foi tomada, em respeito à população, após o vencimento do contrato da empresa que fazia os serviços há 20 anos de forma precária.

Precariedade

Já antes do fim do contrato, nos últimos anos, a empresa que fazia os serviços de transporte público na cidade operava com frota desgastada e sem acessibilidade. Nos últimos meses, apenas 12 ônibus estavam em circulação, deixando muitos moradores sem o transporte.

A falta de respeito com a população fez com que a Prefeitura não prorrogasse o contrato e assumisse o transporte. “Pedimos à população que tenha um pouco mais de paciência quanto ao transporte no final de semana, período em que os serviços ainda não estarão disponíveis”, disse o presidente da AMTT, Gustavo Fidalgo.

Ônibus provisórios

Os cerca de 30 ônibus provisórios que serão disponibilizados para a população a partir da próxima segunda-feira serão locados pela Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Município de Araguaína (Cooperlota).

Os custos da locação dos veículos serão de responsabilidade da Prefeitura e a tarifa de R$ 1 será utilizada para o custo operacional. A estimativa é de que os custos das locações fiquem em torno de R$ 200 mil por mês, sendo R$ 6.667 por veículo.

Nova empresa

O processo de licitação para contratação de nova empresa está em andamento. Na próxima semana, o edital de licitação será publicado. De acordo com o edital, a nova frota contratada terá que disponibilizar ônibus novos com ar-condicionado e acessibilidade.

Fim do monopólio

Mesmo após a nova empresa vencedora da licitação ser contratada, não haverá mais monopólio no transporte coletivo em Araguaína. Mais 50 ônibus novos com acessibilidade, ar-condicionado e bilhetagem eletrônica farão o transporte público complementar. Mais 9 linhas serão implantadas na cidade e atenderão rotas urbanas e rurais.

(Thatiane Cunha/Foto: Leila Mel)



Fazer um comentario