Funcionário de loja forja assalto e é detido pela PM em Araguaína

Funcionário de loja forja assalto e é detido pela PM em Araguaína

Marcos Augusto Alves da Costa, 19 anos, foi preso na manhã do dia 11/05, por policiais do 2º Batalhão em Araguaína, após ter simulado que foi roubado enquanto fazia um depósito de valores da empresa em que trabalhava. Ricardo Campos Naves, 24 anos, também foi detido por participar da fraude.

A PM foi acionada até o centro da cidade onde a suposta vítima do roubo, Marcos, relatou que fora designado para fazer um depósito em dinheiro e cheque de uma loja no centro Comercial e que no trajeto até o banco foi abordado por um desconhecido. Este estaria em uma bicicleta e seria de cor branca, magro, alto, cabeludo, trajando camiseta branca, e em seguida suspendeu a camiseta e mostrou uma arma de fogo, obrigando Marcos a acompanhá-lo. Logo após anunciou o roubo e subtraiu da vítima uma sacola de cor branca e amarela com a quantia de R$ 35.000,00 (trinta e cinco mil reais).

Posteriormente ao roubo, o autor teria tomado rumo ignorado. Os policiais realizaram patrulhamento com a vítima com o objetivo de localizar o autor. No entanto, depois de algumas diligências e confronto de informações sobre a ocorrência, o proprietário da empresa foi orientado a procurar o circuito externo da Loja.  Avaliando as filmagens, notou-se que a suposta vítima não esboçou nenhum tipo reação ou alarme de que havia sido ameaçado de morte durante o roubo.

A PM foi até a residência de Marcos Augusto e ao ser questionado ele assumiu que havia forjado o roubo com seu amigo, Ricardo Campos Naves, e levou os policiais até o local em que este se encontrava. O segundo envolvido foi localizado e com ele a quantia de R$ 28.430,00 (vinte e oito mil quatrocentos e trinta reais) em espécie. Ricardo relatou ainda que havia jogado vários cheques, envelopes e comprovantes dentro de uma fossa na casa de um parente. Diante dos fatos, os acusados, o proprietário da loja e o dinheiro recuperado foram conduzidos até a Delegacia de Policia Civil de plantão, onde foi lavrado o flagrante ficando os dois envolvidos sob custódia da autoridade de policia judiciária.



Fazer um comentario