Crianças e adolescentes lotam show de Whindersson Nunes em Araguaína

Crianças e adolescentes lotam show de Whindersson Nunes em Araguaína

Araguaína entrou de vez no cenário cultural nacional. Prova disso é que neste sábado, 30, mais de 1200 pessoas lotaram os dois shows de stand up comedy do fenômeno do Youtube, Whindersson Nunes, que esteve pela primeira vez no Tocantins. O público, formado em grande parte por crianças e adolescentes, formou fila enorme muito antes do horário da atração para garantir os melhores lugares.

Antes da apresentação do comediante piauiense, muitos adolescentes estavam ansiosos, como o estudante Jose Lucas Freitas, 18 anos. “Espero que traga muita alegria para todos e que seja uma atração bem legal. Eu conheci através de um amigo, que mostrou vídeos caseiros dele na internet e gostei. A partir de então, sigo ele no Facebook e Instagran”, disse o adolescente.

Euforia mesmo foi quando Whindersson Nunes foi anunciado e subiu ao palco com um violão. Gritos deram as boas-vindas ao humorista que cantou seus maiores websucessos, acompanhado pelos fãs que conheciam bem as letras. O público pôde conferir um show de comédia, marcado pelo sotaque nordestino carregado, um carisma que impressiona e peripécias do cotidiano, inspirados nos casos de família do comediante, suas experiências de morar sozinho e como o nordestino é visto nos grandes centros do país, prendendo a atenção dos jovens por quase uma hora, em cada sessão.

Questionado sobre o segredo de atrair tantos fãs jovens, Whindersson não soube explicar ao certo o que deixa o público aficionado pelo seu trabalho, mas acredita que é uma espécie de identificação. “Os adolescentes se identificam com o que eu falo no palco e por isso vêm, compram o ingresso e dão boas gargalhadas durante o espetáculo”, justificou Whindersson Nunes.

A vendedora Maria Moura trouxe sua filha de apenas oito anos para o show. “Quando falei que ela viria, ficou muito feliz. Agora ela está ansiosa e feliz de estar aqui. Ela já deve ter assistido a vários vídeos dele com os coleguinhas da escola”, comentou a vendedora.

Na avaliação do diretor do Artpalco, George Henrique Silva – um dos organizadores do evento – o show atende à necessidade de proporcionar espaços de lazer e cultura, além de estar dentro da proposta de responsabilidade social do grupo para com a cidade. “Buscamos disseminar as artes cênicas na cidade, que ainda está aquém da efervescência cultural que vivemos em nosso país”, disse o diretor.

(Weberson Dias)



Fazer um comentario