FACIT e Sebrae fecham convênio para educação empreendedora

FACIT e Sebrae fecham convênio para educação empreendedora
Na sexta-feira, 29, a diretora geral da Faculdade de Ciências do Tocantins (FACIT), Ângela Maria Silva, e o diretor técnico do Sebrae, Higino Piti, assinaram o termo de adesão à disciplina de Empreendedorismo no Ensino Superior na presença de alunos e professores da instituição. A iniciativa da FACIT visa trazer para a realidade dos acadêmicos a oportunidade de aprender a empreender por meio da metodologia e suporte do Sebrae. A parceria une o conhecimento dos profissionais do Sebrae e a estrutura docente da faculdade: os professores serão capacitados por consultores da entidade e, posteriormente, repassarão o conhecimento aos alunos conforme o calendário acadêmico.

Luciano Almeida, o consultor do Sebrae responsável pelo trabalho na FACIT, explica como será o processo de ensino e direcionamento. “O ponta pé inicial se dá nos dias 26, 27 e 28 de Junho com uma capacitação intensa aos professores indicados pela FACIT. Neles, nós vamos provocar o sentimento empreendedor e direcioná-los com estratégias de acolhimento dessa temática nas disciplinas que já existem na grade curricular”.

Segundo a diretora Ângela Maria Silva, a faculdade já tem o perfil empreendedor, mas, com o suporte do Sebrae, os alunos sairão mais preparados. “Já temos disciplinas que tratam do assunto e o respaldo do Sebrae com certeza será o diferencial ainda maior. Quando percebemos a campanha nacional do empreendedorismo no ensino superior realizada por eles, sentimos vontade de trazer isto para nossos alunos e docentes”. Para ela, o reflexo da iniciativa é a longo prazo. “Quando eles se formarem, conseguirão aplicar essas habilidades de empreender, e terão sucesso profissional de forma mais rápida.” Higino Piti, diretor técnico do Sebrae, concorda que a FACIT sai na frente quando busca novos horizontes para os acadêmicos. “Nós temos dados que mostram que o jovem brasileiro é muito criativo, então é preciso usar esse fator como oportunidade”.

O tempo de execução será de dois anos, entre capacitações e aplicação do conteúdo programado. Ilma Lopes, gerente do núcleo regional norte do Sebrae, lembra que a disciplina de empreendedorismo no ensino superior é voltada para a prática. “Nós, enquanto Sebrae Nacional, Sebrae Tocantins, queremos que o aluno termine o curso pensando em empreender e não em arrumar um emprego”.

Visita à Unidade II FACIT

A diretoria da FACIT aproveitou a oportunidade da visita dos representantes do Sebrae e levou-os para conhecer a estrutura dos prédios no novo campus da FACIT, na TO-222, previsto para inaugurar ser inaugurado. A visita aconteceu na tarde da sexta-feira, e também foi acompanhada por professores da Faculdade. O diretor do Sebrae, Higino Piti, conheceu o empreendimento e ressaltou que “ a diretora Ângela é uma empreendedora visionária. Esse novo espaço para cursos na área da saúde, em especial para a odontologia, é um investimento impactante a nível regional”.

(Ricardo Sottero / Cárita Bezerra)



Fazer um comentario