Deputado Jorge Frederico participa de inauguração do Monumento Nacional das Árvores Fossilizadas do Tocantins

Deputado Jorge Frederico participa de inauguração do Monumento Nacional das Árvores Fossilizadas do Tocantins

O deputado Estadual Jorge Frederico, acompanhando o Governador do Estado, Marcelo Miranda, participou na tarde desta terça-feira, 2, da inauguração do Monumento Nacional das Árvores Fossilizadas do Tocantins (MNAFTO), no distrito de Bielandia, município de Filadélfia.

Jorge Frederico destacou que a obra orçada em cerca de R$ 1 milhão de reais, vai garantir aos estudantes e pesquisadores, que visitam a região todos os anos, terem condições de excelência para desenvolver suas pesquisas. “Agora sim nossos pesquisadores e estudantes contam com uma estrutura de excelência, a altura do relevante estudo por eles realizado”, afirmou.

Jorge Frederico realçou a importância dos moradores de Bielandia na preservação dos fósseis que tem mais de  250 milhões de anos. “São mais de 200 milhões de anos de história, preservados graças ao empenho e comprometimento de muitos, principalmente dos moradores aqui de Bielandia”, disse o deputado.

Ainda na solenidade, Jorge Frederico  se comprometeu a continuar buscando melhorias para a região,  destacando que o governo do estado atendeu seu pedido de recuperação da Rodovia TO 222, no trecho que liga Araguaína a Filadélfia. “Fiquei muito feliz ao ver que o governador Marcelo Miranda atendeu nosso requerimento que pedia a recuperação da TO 222, e vamos continuar trabalhando junto ao governo para trazer ainda mais melhorias para a região”, finalizou.

O que é o MNAFTO?

O monumento é a floresta petrificada mais importante do Hemisfério Sul do período Permiano, que vai desde 299 até 250 milhões de anos atrás. Além de ser objeto de pesquisa de diversos segmentos profissionais e acadêmicos, o monumento poderá também gerar renda para a população local com a utilização da atividade turística, garantindo o desenvolvimento do setor, além de favorecer o surgimento de novos postos de trabalho e a qualificação da comunidade local.

(Thiago Marcondes)



Fazer um comentario