1º dia de sorteio beneficia 382 araguainenses com casa própria

1º dia de sorteio beneficia 382 araguainenses com casa própria

O evento que aconteceu no Estádio Mirandão contou com a participação do prefeito Ronaldo Dimas. Nesta sexta, serão sorteadas mais 118 unidades habitacionais

“Ter a casa própria, pra mim, era um sonho. Eu ‘tava’ dormindo e agora acordei”. Este é o depoimento de dona Tereza Pontes da Silva, de 68 anos, moradora do Setor Céu Azul. O nome dela foi o segundo a ser retirado da urna nesta quinta-feira, durante o sorteio do Programa ‘Casa Para Quem Precisa’, realizado no Estádio Mirandão. Em um grupo de 15 idosos contemplados, lá estava o nome da aposentada. “Desde 2009 eu corro atrás e agora Deus mandou as bênçãos sobre mim. Ter a minha casinha é a melhor coisa que já aconteceu em vida. Eu morava em numa casa emprestada, de favor”, disse dona Tereza.

Nesta quinta, foram sorteadas 352 casas do grupo 1, além de 30 para as cotas de deficientes e idosos, totalizando 382 famílias beneficiadas com o sorteio. Mais de 5 mil pessoas assistiram ao sorteio das arquibancadas do estádio. Nesta sexta, serão sorteadas 118 unidades habitacionais para grupo 2. Ao final dos sorteios, foram também formados nomes para o cadastro reserva. Os nomes devem ser publicados no Diário Oficial do Município até a próxima quarta-feira, dia 17.

Vibração

O deficiente físico e pensionista Júnior Dias, que também mora em uma casa cedida no Setor Carajá, vibrou e agradeceu primeiramente a Deus e depois à Prefeitura pela oportunidade de ter um lar. Ele disse que falta dinheiro para pagar aluguel. “Receber essa notícia pra minha família foi uma bênção!  Eu, minha esposa e minha filha vamos morar em nossa casa, todo mundo feliz”, afirmou.

Ao ouvir seu nome ser anunciado pela equipe da Habitação, Lidiana Sandes Ferreira deu pulos de alegria, vibrou, abraçou as amigas do lado, chorou e tratou de avisar pelo celular os familiares. “É uma emoção muito grande! Estou muito feliz e agradecida e vou passar um bom tempo sob esse efeito de conquista”, disse emocionada a garçonete que mora no Setor Barros com seus dois filhos.

Metas

De acordo com o prefeito Ronaldo Dimas, que fez a abertura do sorteio nesta quinta, esta é apenas a primeira etapa dos sorteios. “Ainda temos outras 2.030 casas em construção a serem sorteadas. Nossa meta é que até o final do mandato estejamos com todas as casas prontas e entreguemos na para a população”, adiantou Dimas.

Segundo o prefeito, as famílias que não forem sorteadas automaticamente também estarão aptas a participarem dos sorteios subsequentes. “Nossa meta para este mandato era 5 mil unidades. Já estamos próximo de cumpri-la. Acredito que iremos ampliar esse número, chegando a 6 mil casas até o final de 2016”, pontuou, acrescentando que há mais 900 casas para o Parque do Lago e outras mil unidades no projeto de associativismo próximo ao Setor Barros.

Quase 12 mil nomes participam dos sorteios. Os deficientes sorteados devem comprovar a deficiência na Secretaria da Habitação e todos devem comprovar residir em Araguaína por no mínimo 3 anos.

(Weberson Dias/Foto: Marcos Filho)

Fazer um comentario