Dimas faz reestruturação organizacional da Educação para ampliar ações

Dimas faz reestruturação organizacional da Educação para ampliar ações

Com o novo quadro, foram convocados 50 novos professores, reduzindo em 36,4% o número de contratados

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, fez uma reestruturação organizacional das unidades de ensino para melhorar o desempenho das ações na educação e, assim, buscar mais investimentos. A reorganização está especificada na Portaria nº 213/2015, publicada no Diário Oficial do Município desta quarta-feira, 1º de julho, que trouxe ainda a convocação de 50 novos professores. Com o novo quadro, houve a redução de 36,4% de contratados e aumento de 40,6% de professores efetivos.

“Estes números mostram a preocupação da gestão em aumentar a eficiência dos serviços educacionais, garantindo qualidade do ensino, já que os investimentos realizados na formação do quadro efetivo proporcionaram resultado permanente”, afirmou Dimas.

Enquanto houve um aumento de 43,6% no número de alunos, o número de professores também elevou-se em 14,5%. A relação professor/aluno na Rede Municipal é 18,4 em 2015, uma das menores do País.

Novos critérios

No início de 2015, novos critérios foram adotados na Educação pelo Poder Executivo, sendo publicados no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 4 de fevereiro. “Agora foi feita nova modulação por unidade escolar e em função do número de turmas. Também foi determinada a redução do número de servidores na sede da Secretaria”, explicou Dimas.

Ainda segundo o prefeito, ao longo dessa reformulação, algumas adequações foram necessárias, principalmente em função das matrículas, além ou aquém do previsto. E nesta quarta-feira, 1º de julho, foi publicada no DOM a modulação definitiva, já devidamente readequada.

Mais convocados

A partir desta modulação definitiva, para não haver vacância, fez-se necessária a convocação de mais 50 professores aprovados. A lista dos convocados foi publicada também no DOM desta quarta-feira, 1º de julho, porém com posse em agosto, devido ao período de férias escolares do mês de julho. “Estão sendo convocados 13 professores a mais que o necessário. O motivo é a provável desistência de alguns e a aposentadoria de aproximadamente 10 professores até o final deste ano”, esclareceu o prefeito.

Desde o início desta gestão, foram convocados 297 professores aprovados no Concurso Público de 2012. Desses, 17 desistiram ou não compareceram e 277 foram empossados.

Quadro de professores

Em 2012, eram 858 professores em atividade, sendo 291 contratados (33,9%) e 567 efetivos (66,1%). Em agosto desse ano serão 982 professores ativos, sendo 185 contratados (18,8%) e 797 efetivos (81,2%). Redução significativa de 36,4% de contratados, 106; e aumento de 230 professores efetivos (40,6%). Em relação ao número total de professores houve um aumento de 14,5%.

“Os contratos ainda se fazem necessários para suprir a ausência de professores efetivos que estão de licença ou afastados de suas funções e não pode ser substituídos por outros efetivos”, explica o secretário da Educação, Jocirley Oliveira.

Quadro de alunos

O número de alunos matriculados teve um aumento considerável nos últimos três anos. Em 2012, foram matriculados 12.611 alunos; neste ano, o número saltou para 18.112, um aumento de 43,6%.

Melhorias na Educação

Nesses dois anos e seis meses de gestão, foram ampliadas 14 unidades de ensino, nove foram reformadas, duas reconstruídas, três construídas e entregues a população, 11 unidades já foram licitadas e com previsão inicio das obras em 2015. Além desses investimentos, estão sendo executadas 02 coberturas de quadras e a construção de três ginásios dentro das unidades de ensino.

Até dezembro, todas as salas de aulas estarão climatizadas. Ainda dentre as ações realizadas e que continuam a serem feitas, pode-se destacar os recursos financeiros do orçamento municipal, são investidos 40%. Sendo que o valor obrigatório é de 25%.

Em março, Araguaína recebeu o Prêmio “Excelência em Educação”, concedido pelo Instituto Ayrton Senna. Evasão zero e redução da distorção idade-série foram alguns dos indicadores que colocaram a cidade entre os 11 municípios brasileiros homenageados.

(Joselita Matos/Foto: Leila Mel)



Fazer um comentario