2º Batalhão da PM fecha primeiro semestre com resultados positivos no combate à criminalidade

2º Batalhão da PM fecha primeiro semestre com resultados positivos no combate à criminalidade

O 2º Batalhão da Polícia Militar, com sede em Araguaína, seguindo uma política institucional e a função constitucional da PM, preza pela clareza de suas ações e trabalha diuturnamente com intuito de defender a sociedade araguainense. Esta semana finalizou o levantamento estatístico referente ao primeiro semestre do ano de 2015.

Em relação ao quantitativo de roubos, foi constatada uma redução de 35% comparada ao mesmo período do ano de 2014. Com a análise dos furtos, concluiu-se que a redução foi de 45% comparados com o primeiro semestre do ano passado.

Outros dados importantes foram os números de prisões em flagrante, armas apreendidas e veículos recuperados. Em relação às prisões em flagrante, no primeiro semestre do ano de 2013 foram 237 prisões, no mesmo período do ano de 2014 foram 173 e nos seis primeiros meses do corrente ano, foram 255, o que corresponde a 47% a mais se comparado ao período anterior.  Sobre as armas apreendidas, no primeiro semestre do ano de 2013 foram 26 armas, no mesmo período do ano de 2014 foram 25 e nos primeiros seis meses desse ano 40 armas foram apreendidas e colocadas fora das ruas, o que significa 60% a mais de armas retiradas das mãos de criminosos.

A análise do quantitativo de veículos recuperados nos seis primeiros meses dos anos de 2013, 2014 e 2015 resultou nos seguintes dados: No ano de 2013, 184 veículos foram recuperados. No ano de 2014, 142 veículos e no ano de 2015, houve um acréscimo de 62% nas recuperações, totalizando 239 veículos, entre carros e motocicletas, que foram restituídos aos seus proprietários. “Todos esses resultados positivos demonstram a seriedade e dedicação com que os policiais militares do 2º Batalhão trabalham, estamos junto com esses profissionais na luta diária para bem servir a população de Araguaína”, destacou a comandante da Unidade – major PM Patrícia Murussi Leite.



Fazer um comentario