Exército promove três dias de ações cívicas e sociais em Araguaína

Exército promove três dias de ações cívicas e sociais em Araguaína

Cidadãos tiveram oportunidade de presenciar desfile cívico e também ter atendimentos especializados na área da saúde

Os araguainenses tiveram a oportunidade de ver de perto as ações que o Exército realiza em todo o país, tanto na área de defesa como no social. Foram três dias de atividades promovidas pela 23ª Brigada de Infantaria de Selva, que é da área do Comando do Norte, o qual Araguaína foi inserida. As ações tiveram a parceria da Prefeitura, com apoio logístico e de suporte em todas as atividades.

O prefeito Ronaldo Dimas acompanhou tanto o desfile, realizado na última sexta-feira, dia 21, como a ação no sábado, 22, na Escola Municipal Francisco Bueno. “O Exército veio com bastante gente, médicos, dentistas, além de brinquedos. A comunidade está aproveitando o momento para cortar o cabelo, fazer os exames, e também trazer a criançada para se divertir”, comentou Dimas.

O comandante da 23ª Brigada de Infantaria de Selva, general Anísio David de Oliveira Junior, comentou sobre as ações realizadas em Araguaína, em comemoração ao Dia do Soldado, celebrado no dia 25 de agosto. “É uma ação que tem a parceria com diversas entidades, como Prefeitura, empresas privadas, trazendo aqui para a população essa festa. É a primeira ação nossa sim; certamente voltaremos muitas vezes”, afirmou o General.

“Nós somos coadjuvantes dessas ações, nós buscamos, na verdade, a atração de diversas entidades, associações, em fazer esse tipo de atividade”, completou.

Comunidade
O pequeno Pedro Lucas, de oito anos, foi uma das crianças que aproveitou o espaço de lazer e atividades físicas promovidas pelo Exército no último sábado, 22, na Escola Municipal Francisco Bueno, no Setor Maracanã. “Achei muito bom mesmo. Quero andar no labirinto”, disse contente Pedro. O labirinto era a pista montada para conscientizar as crianças no combate à dengue.

A dona de casa Daci Pereira da Silva, moradora do Setor Maracanã, aproveitou a ação do Exército e buscou o remédio para hipertensão. “Aproveitei o sábado para vim buscar o meu remédio”, explicou.

Maria Sônia Feitosa Estevão, moradora do Setor Universitário, foi uma das pessoas da comunidade que buscou atendimento médico na ação. “Tenho problema de alergia, o meu nariz entupiu e doi muito a cabeça; ainda tenho problema de sinusite; aí vim me consultar para ver se melhoro”, disse dona Maria.

A vendedora Fernanda Lopes Correia foi levar a sua filha de um ano e 10 meses, a pequena Melissa, para o pediatra avaliá-la. “Ela está gripada e hoje amanheceu com febre; ela tinha consulta marcada na segunda, mas resolvi vir logo hoje aqui por causa da febre”, explicou Fernanda.

Durante toda a manhã, foram oferecidos atendimentos médicos, distribuição de medicamentos, assessoria jurídica, estética, orientação vocacional, doação de roupa, além atividades de lazer e educativa para a criançada.

Ação cívica
Disciplina e sincronia. São as duas palavras que caracterizam o desfile cívico do Exército em Araguaína. Com mais de 200 homens e a presença do prefeito Ronaldo Dimas, a apresentação iniciou na Praça das Bandeiras e seguiu pela Avenida Castelo Branco até a Praça das Nações. O desfile contou com homens de roupas camufladas, acompanhados por cães farejadores, armamentos e canhões, bem como veículos utilizados pela tropa, como ônibus, jeep, ambulâncias, caminhões e tanques de guerra (urutus).

A cerimônia promovida pelo Comando do Norte, com sede em Belém (PA), trouxe também a banda de música da 23ª brigada da Selva de Marabá (PA), que tocou o Hino Nacional e música popular brasileira. No meio da Praça das Nações, foi colocado o Recrutinha, um boneco inflável com 6 metros de altura. A comunidade prestigiou e registrou o evento militar. Foi o caso da Helen Correia, que trouxe os filhos Carlos Eduardo e Maria Eduarda para acompanhar o desfile. “Para mim, o Exército representa respeito e segurança”, analisou a doméstica.

Tiro de Guerra
Na oportunidade, Dimas anunciou a doação de uma área próximo ao aeroporto para o Exército. “Estamos providenciando essa área, para que em breve eles montem uma base do próprio Exército. Depois da mudança do comando de Araguaína de Palmas para Marabá, por estarmos na região amazônica, a comunidade sentiu uma presença maior”, afirmou.

O anúncio do prefeito é visto com bons olhos pelo Exército Brasileiro. “É um prazer para nós retornarmos a Araguaína e estamos totalmente abertos em reestabelecer o Tiro de Guerra na cidade”, comemorou o general. “O Tiro de Guerra é muito motivado pela predisposição da população, das autoridades locais em ter um Tiro de Guerra. Se tiver essa predisposição das autoridades e comunidade locais, nós estaremos juntos com esse anseio e certamente atingiremos esse objetivo”, declarou Gen. David.

(Joselita Matos/Foto: Leila Mel)

Fazer um comentario