Em visita ao HRA, Valderez reforça: “queremos que Araguaína cresça e seja referência em saúde no Tocantins”

Em visita ao HRA, Valderez reforça: “queremos que Araguaína cresça e seja referência em saúde no Tocantins”

O Comitê Gestor Interinstitucional para o acompanhamento da Saúde no Estado do Tocantins, presidido pela deputada estadual Valderez Castelo Branco (PP), visitou na manhã desta sexta-feira, 28, o Hospital Regional de Araguaína (HRA). É a terceira visita que a equipe realiza neste mês. A primeira ocorreu no Hospital Geral de Palmas (HGP) e a segunda no Hospital Regional de Gurupi (HRG).

Durante seu discurso, Valderez reforçou a importância da união de todos para resolver os problemas encontrados na saúde. A parlamentar também destacou que não interessa posicionamento político, mas sim a importância de ver Araguaína crescer e ser referência em saúde no Tocantins.

“É preciso verificar a demanda de servidores da pasta, e também que façamos uma organização estrutural e administrativa. É preciso de um comitê gestor, de um Conselho de Saúde e ainda que todos os três poderes trabalham diuturnamente em prol da saúde do Estado, pois a saúde é tripartite e cada um tem que assumir as suas responsabilidades”, afirmou.

Na ocasião, Valderez também ressaltou a necessidade de todos os segmentos organizados de participarem do Planejamento Plurianual do Estado. Além da visita ao HRA, a equipe do Comitê Gestor também visitou o anexo do Hospital, onde são realizadas as radioterapias.

O relatório geral com a análise das observações e dos dados obtidos nas visitas in loco será divulgado em Reunião do Comitê Gestor na Assembleia Legislativa (AL), após o término do trabalho da equipe. Na AL, Valderez também é presidente da Comissão de Saúde, Meio Ambiente e Turismo. 

HRA – Indicadores

Durante a visita, a equipe técnica do HRA, juntamente com superintendes e diretores da Secretaria Estadual da Saúde (Sesau), informaram os indicadores do hospital.

Na apresentação dos dados foi divulgado um relatório com a média mensal dos serviços ofertados pelo Hospital. Para facilitar a compreensão dos números na atualidade, houve uma comparação com os dados de 2005 da unidade com os de 2015, conforme as tabelas abaixo.

INTERNAÇÃO
ANO MÉDIA/MÊS
2005 966
2015 702

CIRURGIAS
ANO MÉDIA/MÊS
2005 421
2015 373

URGÊNCIA/EMERGÊNCIA
ANO MÉDIA/MÊS
2005 8.686
2015 4.004

MÉDICA DE OCUPAÇÃO GERAL
ANO MÉDIA/MÊS
2005 69%
2015 103%

MÉDICA DE PERMANÊNCIA
ANO MÉDIA/MÊS
2005 6 DIAS
2015 11 DIAS

ONCOLOGIA
ANO MÉDIA/MÊS
2005 20
2015 546

AMBULATÓRIO
ANO MÉDIA/MÊS
2005 3.835
2015 1.936

O ponto que gerou maior discussão durante a apresentação de dados, foi o que mostrou a média de permanência de paciente no HRA. Em 2005, a média mensal era de seis dias por mês. Em 2015 essa quantidade praticamente dobrou chegando a 11 dias por mês.

Além desses dados, a equipe técnica da unidade hospitalar também apresentou um relatório geral – com base no mês de julho de 2015 – onde foi informado que o HRA possui atualmente 257 leitos. Neste período mensal, 587 pacientes foram internados e 686 foram “pacientes-saídos”. Ainda no referido mês 366 cirurgias, 39.573 exames e um total de 5.495 consultas foram realizadas.

Participaram da visita ao HRA o deputado estadual Olyntho Neto (PSDB), o defensor público, Leonardo Ferreira Mendes, a diretora administrativa do HRA, Altina Luiza de Oliveira, a diretora Geral do HRA Érica W. M. Tomelin, a ex-secretária de saúde de Araguaína, Áurea Maria Casagrande da Luz, o odontólogo e pioneiro em Araguaína, Dr. José Ferreira de Meneses, a coordenadora do NEP e de apoio à Política Nacional de Humanização, Sueli Canedo Borges Rodrigues e demais membros do HRA e da Sesau.

(Eduardo Azevedo/Foto: Pedro dos Anjos)



Fazer um comentario