Asfalto e drenagem avançam no Jardim Esplanada

Asfalto e drenagem avançam no Jardim Esplanada

Com recursos na ordem de quase 12 milhões, as obras seguem com terraplanagem, drenagem e asfalto na região oeste da cidade

 

A Prefeitura de Araguaína segue com as obras de recapeamento, reconstrução e pavimentação em CBUQ, além do sistema de drenagem e construção de calçadas no Setor Oeste, cujas obras se estendem a outros seis bairros circunvizinhos. Nesta semana, os trabalhos de drenagem avançam no Setor Jardim Esplanada, onde frequentemente o trânsito ficava impedido devido às águas das chuvas. Até agora, um total de oito ruas naquela região já recebeu os tubos PEAD, que além de ser mais resistentes, têm durabilidade de quase cem anos. Posteriormente, elas irão receber asfalto.

Na tarde desta terça-feira, dia 20, pelo menos quatro vias recebem a implantação dos tubos: Rua Antônio Getúlio, Rua 23, Rua das Camélias e Rua Maria de Sousa. Vias como a Rua 9 de Julho, 17 de Janeiro, 24 de Outubro, Perimetral Itelvino, José Soares, 9 de Junho e Rua Thomás Batista já foram contempladas com as intervenções de drenagem da Prefeitura. Na região, os moradores das Ruas 24, Minas Gerais e 24 de Outubro também já contam com asfalto na porta de casa.

Após lançar o pacote de obras para os sete bairros na região oeste de Araguaína no dia 10 de setembro, o prefeito Ronaldo Dimas informou que os trabalhos vão beneficiar também as comunidades do São Miguel, Martim Jorge, Jardim das Palmeiras do Norte, Aeroviário, JK e Jardim Esplanada. Segundo ele, a drenagem nos bairros deve chegar a 7 km e a pavimentação asfáltica deve atingir um total de 20 km.

“A região Oeste da cidade era sempre esquecida pelas gestões passadas, com esses trabalhos realizados pela Prefeitura vamos melhorar o visual do e valorizou os imóveis bairro que receberem as intervenções”, observou o prefeito Ronaldo Dimas.

Destacando o planejamento e a responsabilidade com Araguaína, Dimas falou em trabalho de qualidade e afirmou que vai acabar de vez com o ‘asfalto sorrisal’, comuns nas gestões passadas. “Na época em que eu era deputado federal, destinei recursos para a pavimentação do Oeste e para outros bairros também. Mas o ‘sonrisal’ nos obriga hoje a estar reinvestindo, colocando mais dinheiro para corrigir um trabalho mal feito”, informou o prefeito. 

Recursos

Os recursos para início dos serviços na região, orçados em R$ 11.784.021,35, foram garantidos através de financiamento pela Caixa Econômica Federal, por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), e Ministério das Cidades, através do ‘Programa Pró-Transportes’, com repasses no valor total de R$ 7.750.000,00. A obra conta também com contrapartida da Prefeitura no valor de R$ 4.034.021,35.

(Weberson Dias/Foto: Marcos Filho)

Fazer um comentario