Segue atendimentos da ação “Eu Tenho Direito” em Araguaína

Segue atendimentos da ação “Eu Tenho Direito” em Araguaína
Mutirão itinerante da Defensoria Pública da União oferece atendimento jurídico gratuito para população de baixa renda

Com a proposta de oferecer atendimento jurídico de graça para a população carente, seguem os atendimentos da ação “Eu Tenho Direito” em Araguaína, promovida pela Prefeitura e Defensoria Pública (DPU). Pelos próximos três dias, 11 a 13 de novembro, a Secretaria do Trabalho e Ação Social, localizada no Bairro São João, é sede do mutirão que atende a comunidade em questões relacionadas à Justiça Federal.

Sete defensores públicos federais tem como prioridade pessoas com renda familiar de até 3 salários mínimos. Araguaína é a única cidade do Tocantins escolhida pelo DPU para sediar a ação itinerante. Ao todo, foram 27 municípios brasileiros escolhidos.

Para o lanterneiro Jecione Carvalho, a ação torna tudo mais prático. “O atendimento foi muito bom, vim na esperança de conseguir me aposentar, agora ficou só faltando eu trazer o laudo médico para dar certo”, explicou Carvalho.

A defensora pública-chefe Daniele Correia explica que o acesso à Justiça é um direito fundamental. “Esse acesso tem que ser provido pelo Estado, por meio de órgãos como a Defensoria Pública para a população de baixa renda. Então essa comunidade de Araguaína que não tem acesso à Justiça, muitas vezes porque não tem sede permanente da Defensoria da União, tem direito a ter suas causas levadas ou mesmo passar por um defensor público, ele vai analisar e encaminhar para área correta”, destacou.

Onde está acontecendo
O prédio da Secretaria Municipal do Trabalho e Ação Social está localizado na Rua Humberto de Campos, nº 508, no Bairro São João. Para o atendimento, é necessária a apresentação de todos os documentos pessoais, comprovante de residência e o Cartão NIS (Número de Identificação Pessoal).

(Thatiane Cunha/Foto: Marcos Filho)



Fazer um comentario