Mamonas Assassinas vai ganhar minissérie na Record

Mamonas Assassinas vai ganhar minissérie na Record

Série limitada vai marcar os 20 anos da trágica morte do grupo

 

Atire a primeira pedra se você não completou mentalmente a frase acima. Já faz quase 20 anos que os Mamonas Assassinas nos deixaram em um trágico acidente de avião, mas suas músicas e seu legado permanecem vivos até hoje. Por isso, a banda deve ganhar em breve uma homenagem na televisão, em uma minissérie que vai relembrar sua curta e ascendente carreira.

A Record anunciou nesta quarta-feira (10) que está em fases iniciais da produção de uma minissérie que vai relembrar os 20 anos da morte dos integrantes da banda. Em um painel que aconteceu em São Paulo, o superintendente de programação da emissora, Paulo Franco, revelou que a produção terá cinco episódios e terá parceria internacional:

“A gente está desenvolvendo uma série sobre o Mamonas Assassinas e já temos quatro parceiros interessados. Acho que [parceria com canal pago] aumenta a qualidade e só contribui”, declarou.

Segundo reporta o Estadão, a Endemol Brasil – braço nacional da holandesa, entrará em parceria com a emissora. A Endemol é reconhecida principalmente por seus reality shows, como o Big Brother Brasil e o The Voice, mas o novo projeto terá ares ficcionais.

Não é a primeira vez que Franco se envolve em um projeto relacionado aos Mamonas. Ex vice-presidente de conteúdo da Fox Channels, ele estava à frente do projeto de levar a história da banda para os cinemas. À época, o ator e apresentador Rodrigo Faro foi convidado para interpretar o vocalista Dinho, mas o projeto acabou sendo arquivado. Com a série, é bem possível que a versão cinematográfica ganhe novas forças, em um processo inverso do que tem acontecido normalmente: Ao invés de um filme ganhar versão para a telinha, a minissérie ser transformada em um longa.

Ainda sem elenco ou equipe de roteiristas atrelados ou anunciados, a série deve ser lançada em 2016, ano que marca os exatos 20 anos do acidente. Em março de 1996, a banda se deslocava de Brasília com destino ao Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, quando a aeronave se chocou contra a serra da cantateira, matando todos que estavam a bordo.

A banda lançou dois álbuns. Um demo em 1992, chamado A Fórmula do Fenômeno, e um de estúdio em 1995, autoral Mamonas Assassinas, que levou o grupo rapidamente ao auge do sucesso. Em menos de um ano, o disco vendeu mais de 3 milhões de cópias.

(De Laysa Zanetti/Adoro Cinema)



Fazer um comentario