Entregadores receberam bananas pelo Dia da Consciência Negra

Entregadores receberam bananas pelo Dia da Consciência Negra

Um gerente do restaurante Garota da Tijuca, na Zona Norte do Rio, foi preso por injúria racial, na última sexta-feira. De acordo com a Polícia Civil, Ascendino Correa Leal, de 68 anos, entregou bananas a dois funcionários negros da Ambev como “homenagem” pelo Dia da Consciência Negra.

“Em homenagem ao dia de hoje, uma banana para cada um, pois vocês são da mesma raça”, teria dito Ascendino Correa Leal após oferecer as frutas aos homens.

Ofendidas, as vítimas chamaram a polícia e o gerente foi preso em flagrante. William Dias Delfim e Leonardo Valentim Silva registraram Boletim de Ocorrência na 19ª DP (Tijuca).

O gerente do restaurante ainda tentou desfazer o constrangimento, dizendo que tudo não passava de uma brincadeira. “Quando ele viu nossa reação, fingiu que era só uma brincadeira”, revelou uma das vítimas.

Um outro funcionário do restaurante quis justificar o mal-entendido alegando que o acusado é um homem muito brincalhão e que sempre se divertiu com todos os entregadores.

Ascendino Correa Leal foi solto após pagar uma fiança de R$ 800.

Segundo o delegado da 19ª DP, Celso Gustavo Castello Ribeiro, o inquérito será encaminhado ainda essa semana para o Ministério Público. Se condenado Ascendio Correa Leal, pode pegar de um a três anos de prisão, além de multa.

(JusBrasil/pragmatismopolitico)



Fazer um comentario