Hospital Regional de Araguaína recebe novo microscópio para cirurgias neurológicas, adquirido com recursos de multa trabalhista

Hospital Regional de Araguaína recebe novo microscópio para cirurgias neurológicas, adquirido com recursos de multa trabalhista

Por indicação do Ministério Público Estadual (MPE), recursos provenientes de multa na área trabalhista foram revertidos para a aquisição de um microscópio para cirurgias neurológicas, destinado ao Hospital Regional de Araguaína (HRA). O equipamento, que é importado da Alemanha, custou R$ 165 mil e chegou ao município de Araguaína nesta terça-feira, 24.

Para que o microscópio comece a funcionar, é aguardada a chegada de um técnico especialista que executará sua instalação e capacitará os profissionais responsáveis pelo seu manuseio.

A solicitação da compra do equipamento e indicação do HRA para recebê-lo foram feitas pela Promotora de Justiça Araína Cesárea D’Alessandro, considerando a grande demanda por cirurgias neurológicas em Araguaína e que o microscópio existente no Hospital Regional é obsoleto e frequentemente precisa passar por manutenções, períodos em que fica inoperante.

A diretora-geral do HRA, Érica Mendes Tomelin, explica que o microscópio recém-chegado é de marca e modelo iguais aos que vêm sendo adquiridos pelos melhores hospitais brasileiros. Ela afirmou, ainda, que a máquina é suficiente para suprir toda a demanda do Hospital Regional de Araguaína, que atende um total de 63 cidades do médio-norte tocantinense.

Os microscópios para cirurgias neurológicas são utilizados em procedimentos como retirada de tumores cerebrais e tratamento de aneurismas, entre outros. Equipamentos de ponta permitem cirurgias mais precisas e menos invasivas, e, consequentemente, com melhor pós-operatório. O que foi adquirido para o HRA é do modelo OPMI pico, da marca Carl Zeiss.

O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que determinou a aplicação dos recursos da multa trabalhista na compra do microscópio para cirurgias neurológicas foi proposto pelo Procurador Regional do Trabalho Lincoln Roberto Nóbrega Cordeiro, em agosto de 2014.

(Flavio Herculano)



Fazer um comentario