Prefeitura trabalha na prevenção e orientação sobre a Zika

Prefeitura trabalha na prevenção e orientação sobre a Zika
Casos de microcefalia também estão sendo investigados em Araguaína

A Prefeitura de Araguaína, por meio da Secretaria da Saúde, vem trabalhando continuamente no combate à dengue na cidade. Agora, a Saúde também vai intensificar a prevenção e o combate a novas endemias, como Chikungunya e a Zika. O mesmo mosquito transmissor da dengue é que traz essas duas novas endemias, o Aedes Aegypti.

Com o monitoramento efetivo das endemias dentro do Município de Araguaína, a Secretaria da Saúde, através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), constatou 11 casos de microcefalias de recém-nascidos, o que fez com que abrisse investigação, levando em consideração ao alerta do Ministério da Saúde quanto a possível relação de casos de microcefalia ao vírus Zika.

Nesse sentido, todos os casos de microcefalia, a partir de então, estão sendo monitorados pela secretaria e comunicados ao Ministério da Saúde, para que se estabeleça um protocolo de atuação, caso vier a ser confirmada essa correlação.

Cuidados de todos
O Município enfatiza que a população tem que participar com a limpeza de suas residências, pois de acordo com dados levantados pelo CCZ, 75% dos focos de mosquito Aedes aegypti estão em residências. Destacando que com a limpeza nos lotes, dentro das residências, diminui o número de focos e, consequentemente, diminuir o número de casos da dengue e também dessas outras doenças.

“Não basta apenas o poder público fazer a sua parte, a população também tem que fazer a dela, mantendo os seus quintais limpos, retirando qualquer coisa que possa acumular água”, ressaltou a responsável técnica do CCZ Mariana Parente.

(Joselita Matos/Foto: Marcos Filho)



Fazer um comentario