Novembro Dourado contempla crianças no Hospital Municipal de Araguaína

Novembro Dourado contempla crianças no Hospital Municipal de Araguaína

A ação visa criar a cultura de prevenção e identificação do câncer infanto-juvenil

 

A brinquedoteca do Hospital Municipal de Araguaína foi o local escolhido pelo Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar – IBGH para que os pais das crianças internadas acompanhassem uma palestra sobre a identificação dos primeiros sintomas de câncer infanto-juvenil (0 a 19 anos). A ação que aconteceu na última quinta-feira (26) faz parte do novembro Dourado, um movimento recém-criado para também disseminar a cultura da prevenção da doença no público mais jovem. 

A orientação dada pelos profissionais é para que pais e responsáveis redobrem a atenção com sinais que podem ser confundidos com doenças comuns. “Dores de cabeça, nos ossos e febres persistentes precisam ser investigados com mais profundidade”, alerta a enfermeira do Núcleo de Educação Permanente e palestrante Sivanilda Mariano. 

O câncer infanto-juvenil tem ocorrência bastante específica, diferente do que acontece em adultos, que são influenciados por maus hábitos como fumar, uso de álcool e dietas, por exemplo.  “As atividades do novembro Dourado acontecem desde 2008. A cada ano, o aumento dos casos é crescente e, por isso, o objetivo é informar os pais e as famílias para observarem mais atentamente o estado de saúde das crianças”, explica Sivanilda. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), os principais tumores diagnosticados no público infanto-juvenil são as leucemias, tumores do sistema nervoso central, abdominais e renais. 

Nilza Sousa, empregada doméstica, assistiu a palestra ao lado de sua filha, em tratamento de uma pneumonia. “Eu gostei muito do que foi falado. Tenho cinco filhos e vi que é muito importante sempre avaliar a saúde deles. Talvez se eu tivesse essa experiência desde o começo, não teria deixado minha filha chegar a esse ponto”, disse Nilza.

(Leticia Oliveira)

Fazer um comentario