SECAD encerra hoje recadastramento e 5 mil servidores deixam de comparecer

SECAD encerra hoje recadastramento e 5 mil servidores deixam de comparecer

A segunda fase do recadastramento geral de todos os servidores públicos do Estado do Tocantins chega ao fim nesta terça, 1 de dezembro, com 91% de adesão. Isso significa que 4.936 servidores podem ficar sem receber o salário de janeiro de 2016. Não haverá prorrogação do prazo.

Todos os técnicos da Secretaria da Administração (Secad) que estão no interior retornam nesta quarta a Palmas. Quem não se recadastrar até às 18 horas deverá buscar o RH de seu órgão de lotação para regularizar sua situação.

A atualização de dados faz parte de um conjunto de medidas que visam dar mais transparência e dinamismo ao Governo, no que se refere a sua política de recursos humanos.

Para os servidores de Palmas, Porto Nacional, Miracema, Paraíso e cidades circunvizinhas, a segunda etapa do recadastramento teve início no dia 26 de outubro. A regional de Palmas é a que possui maior número de servidores, e 17.617 finalizaram o processo até no final da manhã de teça.

Para os servidores lotados nos demais 128 municípios do Estado, o recadastramento começou no último dia 3 de novembro, sendo que, para facilitar o atendimento as Diretorias Regionais de Educação (DREs) das cidades pólo de Araguaína, Araguatins, Arraias, Colinas, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Pedro Afonso e Tocantinópolis atendem em horário comercial, para a coleta biométrica e apresentação de documentos comprobatórios de informações alteradas no formulário online.

As dúvidas devem ser esclarecidas nas unidades de Gestão de Pessoas (RH) do órgão de lotação. Quem mora no interior e não sabe em qual cidade se recadastrar ou quais documentos apresentar deve acessar o site recadastramento2015.secad.to.gov.br. Basta marcar a cidade de lotação e o servidor receberá orientações sobre a data de apresentação e o endereço da DRE a qual deverá se dirigir.

O recadastramento é obrigatório a todos os servidores públicos ativos, civis e militares, efetivos ou não. Para os licenciados, foi exigida apenas a conclusão da primeira etapa, online.

PLANSAÚDE

Por outro lado, o recadastramento obrigatório dos titulares do Plansaúde continuará até do dia 17 de dezembro. Os 30.992 titulares do plano deverão apresentar originais e cópias dos documentos próprios e de seus dependentes listados no site www.secad.to.gov.br no link Plansaúde/Recadastramento. Quem não fizer o recadastramento corre o risco de ficar sem poder utilizar o benefício.

(Com informações da Assessoria de Comunicação da SECAD – Seleucia Fontes e Milena Botelho)



Fazer um comentario