FACIT entrega computadores doados à Escola Municipal Luiz Gonzaga

FACIT entrega computadores doados à Escola Municipal Luiz Gonzaga

O primeiro laboratório de informática da Escola Municipal Luiz Gonzaga, no Residencial Costa Esmeralda, está cada vez mais próximo da realidade. No último sábado, 5, uma equipe da Faculdade de Ciências do Tocantins formada por alunos do curso Análise e Desenvolvimento de Sistemas e professores entregou aos gestores do colégio mais de 20 computadores, frutos de uma doação da Unimed Araguaína, a mais nova parceria do projeto “FACIT na Comunidade”. Mais de mil alunos, na faixa dos seis aos 14 anos, serão beneficiados

Durante toda a semana que antecedeu a entrega, os acadêmicos de ADS limparam e configuraram as máquinas para já iniciar a montagem do laboratório. O coordenador do curso, professor Leonardo Fernandes, lembrou que esse provavelmente será o primeiro contato de muitas crianças com a informática. “O foco é justamente a inclusão digital. Preparamos os computadores para que várias atividades de ensino possam ser feita pela via digital”.

Além da captação de doadores, triagem e preparação básica das máquinas, os alunos de ADS fizeram questão de instalar programas educativos que vão auxiliar na aprendizagem.  “Mas é um aprendizado para nós também, porque pudemos ver, na prática, as teorias sobre redes, hardware, software, sistemas operacionais que estamos aprendendo”, conta o aluno José Medeiros.

A contribuição dada pelo projeto “FACIT na Comunidade” à escola Luiz Gonzaga foi motivo de elogios por parte do gestor Osanan Moura, que destacou a complementação no trabalho de educação das crianças. “Nossa comunidade muitas vezes não tem acesso a muitos saberes e essa ação da faculdade tem um significado muito grande para nós, para a escola, para a comunidade e também para a cidade”.

Além do laboratório, o FACIT da Comunidade também leva educação em saúde bucal, além de atendimentos odontológicos na própria escola. Há, ainda, o projeto Sorrir e Cantar, com previsão de início para 2016, que irá levar o canto e a aprendizagem de instrumentos musicais para as crianças. “É um projeto de extensão da instituição onde teremos a oportunidade de usar nossos conhecimentos, as nossas atividades aprendidas na faculdade e sair do muro da sala de aula, mas partindo pelo processo da humanização. O perfil da direção do colégio coincidiu com o perfil institucional da FACIT e por isso estamos muito satisfeitos com o andamento do projeto”, destacou a diretora da faculdade, Ângela Maria Silva.



Fazer um comentario