Prestação de contas da 4ª edição do Leilão Pecuária Solidária será realizada sábado, em Araguaína

Prestação de contas da 4ª edição do Leilão Pecuária Solidária será realizada sábado, em Araguaína

Em cerimônia pública e transparente, a tradicional prestação de contas do Leilão Pecuária Solidária será realizada nesse sábado, 19, em Araguaína. Na oportunidade, a organização da 4ª edição do leilão ocorrida em 1º de novembro na cidade, fará a apresentação do balanço final, detalhando as doações recebidas e apresentado o custo total e anunciar o resultado líquido do evento.

“Neste sábado as entidades conhecerão o valor que receberão para realizarem os investimentos na melhoria de suas estruturas ou compra de equipamentos”, disse o leiloeiro Eduardo Gomes, idealizador e realizador do projeto, que nas três edições anteriores distribuiu R$ 1,1 milhão a entidades assistenciais que cuidam de pessoas carentes, a maioria do Tocantins.

A edição deste ano arrecadou R$ 654 mil. “Essa foi a arrecadação bruta. Na prestação de contas, apresentamos a relação de despesas para realização do leilão e os valores destinados às entidades. O resultado líquido será distribuído para as entidades previamente definidas. É isso que vamos demonstrar aos nossos parceiros, doadores, imprensa e entidades”, declarou Gomes.

No total, 13 entidades serão beneficiadas com as doações. Cinco delas são de Araguaína (Banco de Leite do Hospital Dom Orione; Casa das Meninas Ágape; Casa de Acolhimento Ana Carolina Tenório; Lar do Idoso Cantinho do Vovô; e Casa de Passagem “Tra Noi”). As demais são: Casa de Apoio São Luiz (Aparecida de Goiânia), APAEs de Guaraí e Dois Irmãos; creches Maria Madalena e Irmã Dulce, de Gurupi; Casa do Caminho, de Paraíso; Fazenda da Esperança, de Porto; e Centro de Convivência dos Idosos, de Xinguara (PA).

O LEILÃO

Promovido com apoio do Rotary Club, Lojas Maçônicas, Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara) e Sindicato Rural da cidade, o leilão foi prestigiado por cerca de 800 pessoas e bateu recorde de arrecadação. Os R$ 654 mil representaram um crescimento de 60% em relação a primeira edição, promovida em 2009, em Gurupi. Na época, o valor arrecadado foi de R$ 400 mil. Já a segunda edição, em Palmas, no ano de 2011, captou R$ 500 mil. E a terceira, em Paraíso do Tocantins, em 2013, arrecadou R$ 595 mil.

(Machado Comunicação/Foto: Marcelo de Deus)



Fazer um comentario