AMTT pede colaboração da comunidade para denunciar furtos de placas

AMTT pede colaboração da comunidade para denunciar furtos de placas

Nos últimos dias, três placas foram furtadas em setores diferentes de Araguaína, além do cabo de alimentação de um semáforo

A Agência Municipal de Transporte e Trânsito (AMTT) de Araguaína registrou nos últimos dias o furto de placas de sinalização e também do cabo de alimentação de um semáforo instalado em pontos diferentes na cidade. Os casos serão encaminhados para a Polícia Civil, para os devidos trâmites legais e apurar os responsáveis. Tanto as placas como o cabo do semáforo já foram colocados novamente nos respectivos locais.

Duas placas de regulamentação, “Proibido Estacionar”, foram furtadas da Rua Sadoc Correia esquina com a Rui Barbosa, no centro da cidade. Outra de “PARE” foi retirada da Rua Jatobá esquina com a Rua Guaíba, no setor Araguaína Sul.

A AMTT também faz o alerta para o furto de cabo de alimentação de semáforos. Um caso foi registrado no aparelho instalado na Rua 2 de Julho esquina com a 1º de Janeiro. Uma parte do cabo que faz a alimentação de energia para o aparelho foi furtado e a outra parte ficou exposta, gerando risco para a população, pois o mesmo encontrava-se energizado.

Crime
Esses casos são considerados crimes de acordo com o Código Penal Brasileiro (CPB). Segundo o CPB, define o crime de dano no caput do art. 163: “destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia, prevendo pena de detenção, de um a seis meses, ou multa”.

No caso de “dano qualificado”, cuja pena é de detenção de seis meses a três anos e multa, estão elencadas nos quatro incisos do parágrafo único do citado dispositivo. Sendo que o inciso III prevê a qualificadora quando o crime for cometido: “contra o patrimônio da União, Estado, Município, empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista”.

Denúncias
A AMTT pede a colaboração de toda a comunidade para denunciar esses casos de furtos. Se alguém presenciar ou souber dos suspeitos, pode ligar diretamente no 190 da Polícia Militar, ou no telefone de plantão da Agência, 9949 – 8995.

(Joselita Matos/Foto: Marcos Filho)



Fazer um comentario