Prefeitura e Igreja Católica iniciam conversação para tornar Cristo espaço para eventos religiosos

Prefeitura e Igreja Católica iniciam conversação para tornar Cristo espaço para eventos religiosos

Dimas e bispo Dom Geovane Melo visitaram o monumento na manhã desta terça-feira, 19, para definir como poderá ser realizada a parceria

A reforma e uma nova utilização para o local onde está o monumento do Cristo Redentor em Araguaína. A Prefeitura e a Diocese de Tocantinópolis, da Igreja Católica, iniciaram na manhã desta terça-feira, 19, as conversações sobre uma parceria para que o espaço seja de convivência das famílias araguainenses. De acordo com a proposta da Prefeitura, o local, além de ser utilizado para visitação turística, teria eventos religiosos ecumênicos para toda a comunidade.

Em visita ao local, o prefeito Ronaldo Dimas e o bispo Dom Geovane Melo, avaliaram a estrutura para realização da parceria. “A intenção é de que a Igreja cuide desse espaço, que é cristão e está subutilizado. É um espaço importante do ponto de vista turístico, desde que bem organizado e bem cuidado”, pontuou o prefeito.

Uma das preocupações de Dimas é com o vandalismo. “Infelizmente, vemos ações de vandalismo aqui acontecendo. Não basta apenas reformar, a ideia é transformá-lo em um ponto de visitação, celebração, ponto de louvor”, acrescentou.

Sobre a parceria com a Igreja Católica, Dimas acredita que seja favorável. “A conversa foi boa e espero que os desdobramentos sejam favoráveis de toda a comunidade católica”, disse.

Reforma e acesso
De acordo com o prefeito, a reforma do espaço, que inclui recuperação da estrutura e iluminação, ficará em torno de R$ 80 mil. “Os técnicos irão levantar os valores da reforma, estimamos que não seja alto, mas também não é baixo. A nossa preocupação é com a manutenção, por isso, queremos tornar o espaço um ambiente familiar”, concluiu.

As ruas de acesso ao local também terão ações da Prefeitura para melhoria da trafegabilidade. “Iremos pavimentar as vias de acesso com CBUQ e ainda faremos intervenções para que a água não acumule em alguns trechos”, informou Dimas.

Igreja Católica
Para o bispo da Diocese de Tocantinópolis, Dom Geovane Melo, o local é ideal para o envolvimento da comunidade. “Fizemos uma visita e a ideia é, olhando para realidade do Cristo e para a proposta que o prefeito tem para o local, é que é um monumento expressivo, onde se tem uma visão panorâmica da cidade”, pontuou Dom Geovane.

Segundo o bispo, o próximo passo será levar a proposta às autoridades eclesiásticas. “A ideia é dialogar com os padres, com os movimentos, para que, se nós assumirmos a administração do local, para transformar em um espaço da comunidade, de lazer, de celebração, ecumênico, de convivência das famílias e um cartão postal da cidade”, sinalizou.

Dom Geovane ainda acredita que a proposta da Prefeitura será vista com positividade. “A visita e o parecer das pessoas que estão aqui e de alguns padres que já ouviram a proposta é positivo. Tem tudo a ver com o que queremos para a cidade, um espaço para as famílias e a juventude”, acrescentou.

(Thatiane Cunha/Foto: Marcos Filho)



Fazer um comentario