Prefeitura discute pontos finais do Plano Municipal de Drenagem Urbana

Prefeitura discute pontos finais do Plano Municipal de Drenagem Urbana

A partir do plano serão definidas metas e ações a curto, médio e longo prazo para Araguaína

Durante uma reunião realizada na tarde da última terça-feira, 19, com a presença do prefeito Ronaldo Dimas, do secretário executivo do Planejamento, Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, Frederico M. Prado, e de representantes da empresa Pleiade Ambiental, foi apresentado o Plano Municipal de Drenagem Urbana de Araguaína (PMDU).

Desde 2013, outros elementos do Plano Municipal de Saneamento Básico foram elaborados e entregues, como o Plano Municipal de Água e Esgoto e o Plano Municipal de Resíduos Sólidos.

Para a elaboração do PMDU, foram feitos levantamentos topográficos do sistema de drenagem. Com isso, começou a ser feito o levantamento dos pontos críticos de alagamento, erosão e assoreamento no perímetro urbano. A partir disso, foram elencadas as ações e medidas que devem ser realizadas a curto, médio e longo prazo.

O engenheiro ambiental da empresa de consultoria Pleiade Ambiental, Tiago Araújo Sodré, explicou que a reunião foi para definir alguns pontos para que o Plano de Drenagem seja finalizado ainda no primeiro semestre desse ano. Segundo o engenheiro, o documento tem que acompanhar as diretrizes do Plano Diretor e ser revisto a cada quatro anos.

As propostas apresentadas estão voltadas para solucionar os problemas de alagamentos, erosões, assoreamentos e outras falhas no sistema de drenagem da cidade.

Macrodrenagem

A atual gestão vem trabalhando para minimizar problemas de enchentes no município, com o Plano de Macrodrenagem. Elaborado e implantado no início da gestão, o plano realiza vários serviços de drenagem pluvial nas áreas prioritárias, identificando também as gravidades de problemas erosivos nas áreas urbanas. Dentre as ações já realizadas, foram obras de contenção de aterro e drenagem em vários pontos da cidade.

(Joselita Matos/Foto: Leila Mel)



Fazer um comentario