Seminário do Plano Diretor de Araguaína tem participação efetiva da população 

Seminário do Plano Diretor de Araguaína tem participação efetiva da população 

Evento foi realizado ontem, quinta-feira, 3, com várias entidades civis presentes para discussão da revisão do plano

Com mais de 90 pessoas presentes, a Prefeitura de Araguaína promoveu ontem, 3, o Seminário Inicial da Revisão do Plano Diretor do Município. Durante todo o dia, o auditório do Sebrae, localizado no centro da cidade, foi cenário para debater prioridades, projetos estratégicos do Município e discutir propostas novas para o plano.

“A oportunidade das pessoas participarem desse planejamento é o que determina o melhor caminho pra cidade e espero que esse não seja um projeto de gaveta e sim mais um instrumento real que vai nortear o desenvolvimento da nossa cidade”, disse o prefeito Ronaldo Dimas.

Sociedade em geral, membros dos poderes Executivo e Legislativo, da classe empresarial, terceiro setor, universidades, profissionais liberais, associações, ONG’s, entidades e movimentos reivindicativos setoriais vinculados ao desenvolvimento municipal e questão urbana, reunidos pelo mesmo objetivo: revisar o atual plano diretor do Município.

Entidades civis
A mesa diretora foi composta pelo prefeito Ronaldo Dimas, o secretário do Planejamento, Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Joaquim Quinta Neto, a promotora de Justiça do Ministério Público Estadual, Ana Paula Catini, o vereador Alcivan Rodrigues e a representante da Technum Consultoria, Izabel Borges.

“Toda essa discussão também é para consolidar um documento que garante que esse planejamento possa ser seguido, inclusive, por gestões seguintes que vierem. O plano diretor é pra sociedade”, finalizou o prefeito.

 A promotora Ana Paula Catini mencionou sobre a importância da população estar presente em uma audiência pública como a do Plano Diretor. “É de suma importância que todos os setores da sociedade participem intensamente dessa revisão, porque o plano diretor é o que vai determinar todas as diretrizes para que a cidade seja direcionada daqui adiante”, informou a promotora.

Seminário
Araguaína foi citada diversas vezes durante o seminário como uma cidade que cresceu muito rápido, a partir disso, desordens aconteceram na estrutura urbana que podem ser sanadas com planejamento e aprovação de projetos que direcionem a cidade.

O presidente do Sindicato Rural, Roberto Paulino, comentou sobre sua primeira participação e reforçou sobre a importância, como cidadão e entidade civil, de contribuir para os avanços da cidade. “A participação está grande dessa vez, eu participei da passada, isso foi há 10 anos, o plano diretor é uma mudança grande. Nós, entidades, podemos contribuir na divulgação da importância dessas mudanças”, apontou Paulino.

A representante da Techum Consultora, Izabel Borges, disse que Araguaína teve mudanças e avanços rápidos, e o Plano Diretor traz soluções eficientes para a cidade. “São as entidades civis convidadas a participarem dessa audiência que vão compartilhar e divulgar para a população a importância de direcionar a cidade para mudanças significativas como essa”, ressaltou.

Audiências públicas
A Prefeitura também realizará mais quatro audiências públicas nos setores Araguaína Sul, Nova Araguaína, Alto Bonito e Setor Couto, ainda neste mês de março.

(Fernanda de Alcantara/Foto: Marcos Filho)



Fazer um comentario