Prefeitura de Araguaína irá vistoriar imóveis fechados para combate ao Aedes

Prefeitura de Araguaína irá vistoriar imóveis fechados para combate ao Aedes

Reunião será realizada amanhã, 9, a partir das 9 horas, com empresários, para explicar Medida Provisória, do Governo Federal, que determina a entrada em imóveis fechados

A Prefeitura de Araguaína, por meio da Secretaria da Saúde, realiza amanhã 9, a partir das 9 horas, no auditório da Prefeitura, no Centro, uma reunião com empresários de Araguaína. O objetivo principal é explicar a Medida Provisória (MP) do Governo Federal, que determina a entrada de agentes de combate a endemias em imóveis fechados para combater focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e do vírus Zika.

De acordo com o secretário da Saúde, Jean Coutinho, será um momento de diálogo com todos e para tirar possíveis dúvidas. “Estamos cumprindo a MP que estabelece que os imóveis que estão abandonados ou fechados sejam visitados pelos agentes. Com a colaboração de todos, o trabalho será mais ágil e toda a população irá ganhar”, destacou.

Com dados do Ministério da Saúde (MS), 10,9 milhões de domicílios foram vistoriados por agentes e por militares das formas armadas nas principais cidades do País este ano. Segundo o MS, este dado representa apenas 22% dos 49,2 milhões de imóveis que ainda devem ser vistoriados para o combate ao mosquito.

De acordo com o superintendente municipal de Vigilância em Saúde, Eduardo de Freitas, é importante que todos colaborem. “Principalmente os corretores de imobiliárias, gostaríamos que eles nos emprestassem as chaves para entrarmos nos imóveis fechados”, disse.

O superintendente ainda explicou que, para os proprietários dos imóveis que não colaborarem, as portas serão abertas com a ajuda de um chaveiro, que acompanhará as equipes.

Focos

Em 2015, o Município eliminou mais de 42 mil focos. Este ano, o trabalho de combate continua nos setores. Só com inseticida que mata mosquitos adultos, foram borrifados 197 quarteirões, com abrangência de aproximadamente quatro mil imóveis.

Mais ações

Várias outras ações estão sendo realizadas no Município para o combate ao Aedes, além de borrifação com bombas, estão sendo distribuídas armadilhas para capturar os mosquitos. Os carros ‘fumacê’, também estiveram em Araguaína no mês de janeiro, passando pelos bairros mais vulneráveis.

Equipes do Centro de Controle de Zoonoses do município através da Vigilância em Saúde estão realizando palestras em escolas municipais, estaduais e outros órgãos do município.

O trabalho de rotina está sendo intensificado nos setores, com a força-tarefa dos agentes de combate a endemias com os agentes comunitários de saúde.

(Gláucia Mendes/Foto: Marcos Filho)



Fazer um comentario